Publicidade

Campeão brasileiro em 2009 com a camisa rubro-negra, Emerson Sheik aprova a contratação de Renato Gaúcho para técnico do Flamengo. O novo treinador chegou ao clube logo após a demissão de Rogério Ceni e iniciou seu trabalho no Ninho do Urubu nesta segunda-feira.

O ex-jogador afirmou em participação no programa ‘Arena SBT’, ter informações de que o elenco está feliz com a chegada de Renato. Além disso, também revelou bastidores sobre o relacionamento dos jogadores com Ceni.

Renato tem primeira conversa com jogadores (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

– O Flamengo acertou na veia em contratar o Renato depois de toda a polêmica com o Rogério. O clima parece que não tava legal com o Rogério lá dentro. E eu vou falar uma coisa, o Renato vai ser campeão pelo Flamengo e vai fazer história. Ele está motivado e as informações são que o elenco está muito feliz com a chegada dele – afirmou Sheik.

Publicidade

Embora Ceni negasse problemas com o ambiente no clube, Sheik garante que o elenco não queria mais trabalhar com ele.

– Não queria. É informação. Eu ouvi isso de atletas de dentro do clube. Obviamente que eu não falaria nunca quem contou – completou.

Relacionadas

Queixas dos jogadores

Emerson Sheik ainda deu detalhes do que incomodava os atletas em Ceni.

Publicidade

— Eu tenho máximo respeito e carinho pelo Rogério, sempre foi um querido, inclusive também me ajudou muito no início da minha carreira. Mas, atletas de dentro do clube não estavam satisfeitos com o Rogério. As queixas eram de arrogância, de não ouvir, de ser o dono da verdade. Não sou eu que estou criando, eu ouvi isso do meu aparelho – concluiu.

Leia também:

Braz vê Renato Augusto distante, mas tenta Thiago Mendes e Kenedy

Publicidade

Vitória da Argentina na Copa América pode influenciar na Libertadores. Entenda!

Renato teve o primeiro contato com o grupo na tarde desta segunda-feira, na reapresentação do elenco. Posteriormente, nesta terça pela manhã, comandou o último treino antes da viagem para a Argentina. Nesta quarta-feira, o Flamengo estreia nas oitavas de final da Libertadores contra o Defensa y Justicia.

Comentários