Publicidade

Mesmo com a saída de Gerson para o Olympique de Marselha, o Flamengo ainda não conseguiu alcançar os 168 milhões de Reais em vendas do orçamento de 2021. Assim, o Flamengo ainda deve vender mais atletas e não é certo que haverá dinheiro para novas contratações.

A transferência de Gerson renderá ao Rubro-Negro mais de 100 milhões de Reais. Mas o pagamento será em parcelas e somente 31 milhões virão este ano. Ao somar as demais negociações de 2021 de Yuri César, Lincoln, Natan e Thuler, ainda ficarão faltando quase 90 milhões.

Marcos Braz terá de ser criativo para reforçar o Mengão (Reprodução Youtube)

O clube tem algumas situações que caminham para gerar mais receitas no segundo semestre. Emprestados com obrigação ou opção de compra, Natan, Victor Gabriel e Vinícius Souza estão nesta lista. Outro que ainda pode render dinheiro ao Mengão é Pablo Marí. O zagueiro deve atingir mais metas pelo Arsenal e o Flamengo terá direito à mais uma quantia.

Publicidade

O total dessas situações muito prováveis chega a 55 milhões de Reais. Restarão então 35 milhões para fechar a conta em 2021.

A diretoria tem uma situação bem encaminhada, que é a venda de Rodrigo Muniz ao Genk, da Bélgica. Após semanas de negociações, as partes estão próximas do acerto. Mas o Flamengo não tem 100% dos direitos do Atleta, e sua fatia do negócio deve girar em torno de 20 milhões.

Relacionadas

Para bater a meta orçada, só com mais vendas. E alguns nomes aparecem como possibilidades. O futebol árabe tentou nos últimos meses levar Everton Ribeiro e Michael, mas o Flamengo não aceitou as propostas. Espera-se, entretanto, que o Al Nassr e o Al Ain, ambos dos Emirados Árabes, respectivamente, voltem a tentar a contratação da dupla.

Publicidade

Existe ainda a possibilidade de negociar na janela de transferências para a Europa o zagueiro Léo Pereira e o goleiro Hugo Souza, mas nenhuma proposta chegou ao Flamengo.

A situação financeira do Rubro-Negro, que ainda não poderá contar com receitas de bilheteria por algum tempo, deverá pesar na hora de decidir pela contratação de reforços. Assim, se alguém vier para o elenco de Rogério Ceni, não será resultado de um grande investimento.

Comentários