Publicidade

O Flamengo tem três jogadores com contrato encerrando em dezembro, mas até agora as renovações seguem indefinidas. O goleiro Diego Alves e os atacantes Pedro e Pedro Rocha só têm vínculo com o clube até o fim de 2020.

Marcos Braz (Reprodução Youtube)

No Rubro-Negro desde 2017, Diego Alves e a diretoria vem conversando sobre a prorrogação do vínculo desde agosto. Entretanto, após muitas idas e vindas, não chegaram a um acordo. O caso dos atacantes é diferente, pois eles chegaram em janeiro de 2020 por empréstimo de clubes europeus.

– Não tem (novidade) nem positiva nem negativa. A gente ainda dá dentro do prazo pra exercer a compra do Pedro e ainda está no prazo contratual do Diego Alves. Espero estar trabalhando pra isso pra que a gente consiga resolver os dois atletas para continuarem aqui mais uma ou duas temporadas no Flamengo – afirmou o VP de Futebol Marcos Braz em entrevista ao Canal Gustavo Henrique Dando Choque, na chegada do Flamengo a Buenos Aires.

Publicidade

– A situação do Pedro Rocha é igual a do Pedro. A gente tá conversando e tentando entender o que o clube que detém os direitos dele quer – completou.

Com relação a Pedro, o clube já manifestou o interesse de adquirir os direitos do jogador junto à Fiorentina. Os clubes, contudo, seguem conversando sobre os termos do negócio.

Leia também:

Publicidade

Pedro Rocha tem permanência difícil

O caso de Pedro Rocha, entretanto, é o mais difícil. O jogador conviveu com problemas médicos ao longo do anos e atuou muito pouco, e o Flamengo, portanto, não cogita exercer a opção de compra neste momento.

O assunto renovações no Flamengo só deve avançar após a disputa das oitavas de final da Libertadores. O Rubro-Negro enfrenta o Racing-ARG nesta e na próxima terça-feira.