Publicidade

O Flamengo deu grande passo na Libertadores nesta quarta-feira. Os rubro-negros golearam por 4 a 1 o Olímpia-PAR, em Assunção, no confronto de ida pelas quartas de final.

Os cariocas abriram 2 a 0 ainda no primeiro tempo com gols de Arrascaeta e Gabigol. O Olímpia descontou antes do intervalo, com Ivan Torres. Só que na etapa final, o Flamengo ampliou o marcador, novamente com Gabigol e Vitinho.

Arrascaeta abriu o placar contra o Olímpia (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Agora, os rubro-negros podem perder por dois gols de diferença que vai avançar para a semifinal. O Olímpia precisa fazer quatro gols de vantagem para se classificar.

O jogo

Publicidade

A partida começou movimentada, com as duas equipes em busca do ataque. A primeira boa chance foi do Olímpia, aos nove minutos. Sosa chutou cruzado, mas ninguém apareceu para finalizar. Só que a resposta do Flamengo veio em grande estilo aos 15. Em avanço rápido, Bruno Henrique tocou para Arrascaeta na área. O uruguaio dominou e mandou para a rede.

O Flamengo seguiu melhor depois e quase ampliou com Bruno Henrique e Gustavo Henrique. Só que aos 22 minutos, um lance paralisou o jogo por alguns minutos. Salazar se chocou com Arrascaeta e precisou sair de campo de ambulância.

Na volta da partida, o Olímpia quase empatou após cabeceio de Santa Cruz. O goleiro Diego Alves escorregou, mas levou sorte. A paralisação não foi boa para os rubro-negros, que diminuíram o ritmo.

Publicidade

O Flamengo só voltou ao ataque nos minutos finais e ampliou após lance inusitado. Arrascaeta foi derrubado na área, mas a jogada seguiu e culminou na expulsão de Filipe Luís. No entanto, o árbitro foi chamado pelo VAR, deu pênalti para os rubro-negros e cancelou o cartão vermelho do lateral. Gabigol cobrou com categoria.

Quando parecia que os cariocas iriam com boa vantagem para o intervalo, o Olímpia diminuiu o marcador em Assunção. Iván Torres aproveitou cruzamento e cabeceou para a rede. Diego Alves ainda encostou na bola antes dela entrar.

Flamengo domina o segundo tempo

Na etapa final, o Olímpia esboçou uma pressão e tinha a posse de bola. No entanto, na primeira investida, aos sete minutos, o Flamengo marcou o terceiro. Bruno Henrique tentou o chute, mas pegou errado. Só que Gabigol estava atento para mandar para a rede.

Publicidade

O revés foi sentido pelos donos da casa, que viram o Flamengo dominar o jogo. Mas os rubro-negros passaram a desperdiçar diversas chances de ampliar a vantagem. O Olímpia só foi levar perigo novamente aos 31 minutos, com Santa Cruz.

Nos minutos finais, o Flamengo administrou o resultado e recuou. Mesmo assim, os rubro-negros aproveitaram os contra-ataque para decretar a goleada. Aos 45 minutos, Gabigol foi lançado e rolou para Vitinho empurrar para a rede.

FICHA TÉCNICA
OLIMPIA 1 X 4 FLAMENGO

Publicidade

Local: Estádio Manuel Ferreira, em Assunção (Paraguai)
Data: Quarta-feira, 11 de agosto de 2021
Hora: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Juan Belatti (ARG) e Diego Bonfa (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Cartões amarelos: Ortiz, Derlis González, Salcedo e Orzusa (Olimpía); Filiep Luís, Isla, Arrascaeta e Gustavo Henrique (Flamengo)
GOLS
FLAMENGO: Arrascaeta, aos 15min do primeiro tempo; Gabigol, aos 56min do primeiro tempo e 7min do segundo tempo; Vitinho, aos 45min do segundo tempo
OLÍMPIA: Iván Torres, aos 59min do primeiro tempo

OLIMPIA: Aguilar, Salazar (Otálvaro), Salcedo, Ortiz e Iván Torres; Orzusa (Quintana), Ramón Sosa, Ojeda e Derlis González (Camacho); Roque Santa Cruz e Walter González (Recalde)
Técnico: Sergio Ortemán

FLAMENGO: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís (Ramon); Willian Arão, Diego (Vitinho), Arrascaeta (Thiago Maia) e Éverton Ribeiro (Michael); Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Renato Gaúcho

Comentários