Publicidade

O Flamengo empatou por 1 a 1 com o Racing-ARG no confronto de ida pelas oitavas de final da Libertadores. Os rubro-negros voltaram para o Rio de Janeiro com o sentimento de dever cumprido da Argentina.

Nathan será desfalque no jogo de volta contra o Racing (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Isso porque os flamenguistas terminaram a partida com um jogador a menos, após expulsão de Thuler. Além dele, o zagueiro Nathan também recebeu o cartão vermelho por reclamação enquanto estava no banco de reservas.

Pelas redes sociais, Nathan se pronunciou sobre a expulsão na Argentina. O jogador negou que tenha xingado o árbitro.

Publicidade

“Referente o que foi divulgado pelo árbitro da partida na súmula, gostaria de me posicionar deixando claro pra todos que em nenhum momento xinguei o juiz. Quem me conhece sabe que jamais iria fazer isso ou algo do tipo, mas Infelizmente fui escolhido aleatoriamente pra receber o vermelho, que me deixou fora da próxima partida. Peço desculpas a todos, mesmo sem entender até agora tudo que aconteceu. Estou triste com o cartão, mas bola pra frente, seguir firme e trabalhando” escreveu.

Leia também:

Éverton Ribeiro celebra semana livre

Publicidade

Flamengo usa descanso como arma na Libertadores

Sem Thuler e Nathan, o técnico Rogério Ceni viu suas opções diminuírem para o duelo da volta, na próxima terça-feira. Rodrigo Caio realiza tratamento intensivo para estar em campo, mas quem é o favorito para ser o companheiro de Léo Pereira na zaga é Gustavo Henrique.