Publicidade

Na década de 90 Romário, Renato Gaúcho e Túlio Maravilha disputavam o posto de “Rei do Rio”. Tudo começou com uma brincadeira quando o “Jornal dos Sports” fez a coroação de Renato após o gol de barriga que deu o título estadual de 1995 ao Fluminense em uma final com o Flamengo. Meses depois Túlio foi coroado ao levar o Botafogo ao título brasileiro. Assim os artilheiros do Campeonato Carioca passaram a ser chamados de Rei do Rio.

A brincadeira seguiu com Dodô, Obina e Fred nesta década. Mas agora quem pode ter este posto é um reserva. Trata-se de Pedro, hoje a principal opção para substituir Gabigol quando este não pode atuar. Mas o ex-atacante do Fluminense pode terminar o Campeonato Carioca como artilheiro.

Pedro quer ser o artilheiro do Campeonato Carioca (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo tem no elenco dois dos maiores artilheiros do Brasil, Gabigol e Pedro. Assim, o Rubro-Negro pode se dar ao luxo de usar um em cada uma das duas competições que disputa. Enquanto o camisa nove tem sido a opção na Libertadores, Pedro é o titular no Campeonato Carioca.

Publicidade

Gabi está no topo da lista dos artilheiros da competição continental com cinco gols em três jogos. Já Pedro, é o segundo na artilharia do Estadual com seis, três a menos do que Alef Manga, do Volta Redonda.

Pedro tem a chance de superar Alef Manga

Flamengo e a equipe da Cidade do Aço se enfrentam neste sábado na partida de volta das semifinais do Carioca. Na ida, no Raulino de Oliveira, o camisa 21 marcou os três gols rubro-Negros na vitória por 3 a 0.

Relacionadas

Ricardinho representou o Corinthians em 2006 (Arquivo CBF)

Para a partida deste sábado, Pedro será novamente titular na equipe de Rogério Ceni e terá mais uma chance de brigar pela artilharia da competição. Se o Flamengo confirmar a vaga na final, Alef se despedirá do Estadual e o atacante do Fla terá mais duas oportunidades de assumir a artilharia.

Publicidade

Com uma média de um gol a cada 50 minutos em campo, Pedro tem tudo para ser o artilheiro do Carioca 2021 com a camisa do Flamengo.

Comentários