Publicidade

O Flamengo se reforçou nos últimos anos e vem conquistando títulos desde então. No entanto, com a pandemia de Covid, o clube carioca passou a enfrentar problemas por conta das finanças.

A diretoria rubro-negra admitiu que nesta temporada seria praticamente impossível segurar todos os principais jogadores. Nos últimos dias, o clube carioca negocia a saída do meia Gerson com o Olympique de Marselha-FRA.

Gerson é um dos pilares do meio campo do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

O vice-presidente de futebol Marcos Braz falou sobre a negociação com os franceses.

Publicidade

– O Flamengo, como todos sabem, recebeu uma proposta boa de um time europeu. Estamos esperando resposta. Está se arrastando, mas intensificou nos últimos cinco dias. Aguardamos com muita calma. O Flamengo está negociando com apenas um clube. Nesse processo todo, de 20 dias, nunca teve mais de um clube de maneira firme e com proposta – disse à ESPN.

Braz revelou que desde 2019 o Flamengo vem sofrendo com o assédio de clubes estrangeiros.

– Depois que o Flamengo foi campeão da Libertadores em 2019, nós tivemos algumas propostas por vários jogadores. O clube fez e faz um esforço grande para que se mantenha os atletas. Não é um fato novo. Tiveram propostas por esses jogadores que se firmaram como grandes campeões. O Flamengo tem segurado todos possíveis. É assim que temos feito – declarou.

Relacionadas

Bruno Henrique, Flamengo, Libertadores

Publicidade

Além de Gerson, é especulada as saídas dos meias Arrascaeta e Éverton Ribeiro. Ambos devem receber propostas de clubes de fora do Brasil.

Comentários