Publicidade

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou, mas nem todos poderão assistir a Flamengo x Olimpia (PAR), pela Libertadores, no Maracanã. Vale lembrar que, de acordo com o protocolo firmado, o poder público limitou a presença a apenas 10% da capacidade do estádio. O jogo contra o Olímpia, no caso, é válido pelas quartas de final da Libertadores e está previsto para o dia 18 de agosto.

Maracanã Flamengo

Leia também

Renato torce por retorno da torcida: ‘Grupo vai ficar mais forte’

Publicidade

Máquina de gols e de memes: até o Corinthians entrou na roda! As brincadeiras da goleada do Flamengo

Entretanto, a prefeitura exige alguns fatores para ingressar no Maracanã. Os dois principais são a apresentação do comprovante da vacina contra a Covid-19 completo. Mas não basta ter o documento, pois o portador terá que provar que tomou a injeção no mínimo 15 dias antes da data da partida. Outra opção é apresentar o teste de PCR negativo com 48 horas de antecedência, também considerando o dia do confronto.

Além disso, o uso de máscara será obrigatório, bem como o distanciamento social entre os presentes.

Relacionadas

Renato Gaúcho Flamengo
Diego Flamengo

Publicidade

De acordo com apuração do portal Uol, o plano de retomada amplo terá início apenas no dia 2 de setembro. A primeira fase terá retorno de público aos estádios, mas apenas pessoas com as duas doses da vacina estarão liberadas. A essa altura, no entanto, o poder público vai liberar 50% de assentos disponíveis.

O Flamengo tentou liberação de 30% dos assentos, no entanto, a prefeitura descartou a possibilidade.

Comentários