Publicidade

A bruxa continua solta no Flamengo em 2020, e a baixa da vez é o volante Thiago Maia. Além de titular, o jogador atua numa posição que virou um problema no elenco em 2020.

Thiago Maia não joga mais em 2020 (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O Flamengo iniciou o ano com cinco primeiros volantes: Willian Arão, Thiago Maia, Piris da Motta, Hugo Moura e Vinícius Souza. Contudo, os três últimos deixaram o clube, o que obrigou a direção do futebol a recorrer à base. Então, João Gomes, Daniel Cabral e Richard Ríos já tiveram oportunidades de atuar após o retorno do futebol, em junho.

Diagnosticado nesta segunda-feira com uma lesão no ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo, Maia só retornará em 2021. O desfalque deve aumentar ainda mais o tempo em campo de Arão e Gerson, mas também abrirá oportunidades para os jovens. Gomes e Cabral serão os principais beneficiados.

Publicidade

Leia também:

Nada feito! CBF mantém arbitragem para duelo na Copa do Brasil

Clube dos Emirados tenta tirar Guilherme Bala do Flamengo

Publicidade

O clube estuda a contratação de um jogador mais experiente para reforçar o elenco. O volante Jonas, que teve passagem pelo Flamengo e estava no futebol árabe, é uma possibilidade, segundo informação do jornalista Mauro César.

Com relação à lesão de Thiago Maia, o departamento médico rubro-negro estuda duas possibilidades. A dúvida é entre cirurgia e um tratamento conservador a base de fisioterapia. O conservador, se funcionar, reduz o tempo de afastamento, mas se não der certo, terá de fazer a cirurgia. Já se a opção for operar logo, o jogador ficará fora de ação por cerca de quatro meses.

Thiago Maia chegou ao Flamengo por empréstimo do Lille, em janeiro. Então, o clube da França, que detém seus direitos federativos, será consultado.