Publicidade

Após dois anos de conquistar o principal título do continente, o Flamengo disputará mais uma final da Copa Libertadores em 2021. Desta vez, o adversário será o Palmeiras e o palco será o estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. A decisão será no próximo dia 27 de novembro, às 17 horas de Brasília.

Um assunto, contudo, está causando polêmica entre os torcedores rubro-negros e palmeirenses, o preços dos ingressos. Enquanto em 2019, no Peru, o ingresso mais barato custava 80 dólares, a Conmebol elevou o valor em 150% para este ano. Assim, além de passagem, estadia, exame para Covid, o torcedor terá de desembolsar cerca de 1,1 mil Reais só para entrar no estádio.

Estádio Centenário, em Montevidéu, será o palco da final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras (Reprodução)

O anúncio da Confederação Sul-Americana causou espanto e insatisfação nesta terça-feira. Até o atacante Dudu, do Palmeiras, se manifestou em seu perfil no Instagram:

Publicidade

“Muito caro ingresso, tem que ser mais barato” – postou o jogador.

Leia Também:

Sucesso! Flamengo bate recorde em venda de fan tokens

Segundo levantamento do site “Coluna do Fla”, os valores da Libertadores superam até os da final da Liga dos Campeões da Europa. Em maio, em Portugal, a partida entre Chelsea e Manchester City custou cerca de 460 Reais.

Publicidade

A Conmebol alega que os custos estão maiores este ano por conta dos protocolos da Covid-19 e as reformas no estádio. Além disso, com 50% da capacidade, a renda da partida será menor.

Relacionadas

Ao todo serão disponibilizados 20 mil ingressos, sendo que cada clube receberá 5 mil para distribuir para seus torcedores. Os 10 mil restantes serão para o público em geral. A Conmebol inciará a venda no dia 26 de outubro.

Comentários