Gabigol reforça que o Flamengo briga pelo Brasileiro e se inspira no título da Libertadores

publicado em 15/01/2021 às 12:47

O Flamengo não joga a toalha e acredita que pode buscar o título brasileiro. A glória em Lima serve como inspiração. A virada sobre o River Plate, na final da Libertadores de 2019, é um argumento para mostrar que o clube rubro-negro não desiste. Gabigol, ao analisar a temporada do Flamengo e rechaçar comparações com o ano de 2019, usou o título da Libertadores como prova de que o Fla pode chegar no Brasileiro.

Gabigol Flamengo

Gabigol reforça que o Flamengo está na briga pelo Brasileiro | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

“Comparar com o Flamengo de 2019 é injusto com qualquer time no Brasil. Porque o que aconteceu é muito difícil de acontecer de novo. É o mesmo time, temos o mesmo potencial, mas são tempos diferentes. Temos outro treinador, alguns jogadores diferentes, e jogadores que são marcados diferentes, como eu e Bruno. Em 2020 fomos campeões de algumas coisas. Sim, perdemos Copa do Brasil e Libertadores, o que não queríamos, mas estamos na briga pelo Brasileiro, que somos atuais campeões. Como um time que venceu a Libertadores faltando três minutos vai desistir faltando dez jogos para o fim do campeonato?”, disse Gabigol.

LEIA MAIS! Gabigol elogia Rogério Ceni e não se abala com pressão: ‘Vai ter. É Flamengo’

Gabigol mira vitória do Flamengo sobre o Goiás

O Fla busca explicações para o momento ruim. São três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. O atacante analisou a fase rubro-negra e também projetou o jogo contra o Goiás, nesta segunda-feira, às 20h, em Goiânia, pela 30ª rodada. Para Gabigol, o Flamengo precisa vencer e convencer.

LEIA MAIS! Marcos Braz dá recado no Flamengo: ‘Estou com Rogério até o fim’

“É uma mistura de coisas. Não só incompetência nossa, mas mérito do adversário. Precisamos eliminar isso. Estamos estudando o Goiás, como eles estão nos estudando. Precisamos melhorar em bola parada, lances que talvez não demos muita importância. Temos de melhorar como um todo para vencer e fazer uma partida convincente e jogar bem”, declarou.

LEIA MAIS! Flamengo encaminha ida de Lincoln para o futebol japonês

O atacante, na coletiva desta sexta-feira, também foi abordado sobre o poder de reação do Flamengo, que levou virada do Fluminense, e não conseguiu buscar o resultado contra o Ceará.

MAIS! R-10, Rivaldo… os principais reforços do futebol brasileiro em janeiro de 2011

“Se a gente for analisar, estamos falando de um time que venceu uma Libertadores faltando três minutos, que contra o Racing fez um gol no finalzinho. Precisamos melhorar, matar os jogos antes, ter mais cuidado taticamente para não sofrer gols. Precisa fazer mais gols e tomar menos gols. Nosso time vem trabalhando isso muito durante a semana, para fazermos um bom jogo contra o Goiás e vencer”, acrescentou.

O Flamengo é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos, sete a menos do que o líder São Paulo. O Rubro-Negro tem um jogo a menos em relação ao rival paulista.

Deixe seu comentário:

Comentário