Publicidade

Na corrida para brigar pelo título, o Flamengo acelerou e engatou a terceira. O Rubro-Negro goleou o Santos, que atuou com time reserva, por 4 a 1, neste domingo, no Maracanã, e chegou à 3ª vitória seguida no Brasileiro. A outra boa notícia para o Fla foi o retorno de Gabigol, que marcou duas vezes de pênalti. O atacante não jogava desde o fim de novembro, quando apresentou desequilíbrio muscular.

Gabigol Flamengo Gabigol voltou com bola na rede | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Rogério Ceni ainda testou, no decorrer do jogo, um quinteto ofensivo, com Éverton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique, Gabigol e Pedro. O time teve por 22 minutos apenas um volante: João Gomes, titular no lugar do lesionado Willian Arão.

Focado no Brasileiro, o Flamengo, que vinha de vitórias sobre o Botafogo e o Coritiba, chega a 45 pontos e está na terceira colocação e dá um recado que pode acelerar na briga pelo título. Com a derrota do São Paulo para o Corinthians, a diferença rubro-negra para o líder caiu para cinco pontos. E o Flamengo tem um jogo a menos em relação ao São Paulo.

Publicidade

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Bahia, domingo, às 18h15, no Maracanã. O Santos tem mais um carioca pela frente: visita o Vasco em São Januário, domingo, às 16h. Antes, porém, define a vida na Libertadores: recebe o Grêmio, na quarta-feira, na Vila Belmiro. O jogo de ida foi 1 a 1.

Flamengo abre o placar com Gerson

A primeira chance foi rubro-negra. João Paulo chutou nos pés de Gomes. Bruno Henrique foi acionado e tocou para Gabigol, que driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo e não conseguiu cruzar ou bater como gostaria. A bola bateu em João Paulo e foi para fora. A resposta do Santos foi com Jean Mota, que pegou rebote e chutou no canto, mas Diego Alves espalmou.

O Flamengo concentrava as ações mais pelo lado esquerdo e foi por ali que criou uma boa chance para abrir o placar. Filipe Luís lançou Bruno Henrique, que cruzou para Arrascaeta, em boa condição, completar para fora. O clube carioca aumentou o volume de jogo. Bruno Henrique cabeceou para fora, após cruzamento de Gerson. O Santos respondeu com Jean Mota, que surgiu na área, mas emendou para fora cruzamento da direita.

Publicidade

O clube carioca era superior, mas faltava caprichar na finalização. Bruno Henrique cruzou para Gerson, que cabeceou para fora. Em uma blitz, o Flamengo abriu o placar. Arrascaeta ficou com sobra após cobrança de escanteio e levantou novamente na área. Rodrigo Caio desviou para Natan, que acertou o travessão. No rebote, Gerson apareceu para estufar a rede: 1 a 0, aos 41 minutos.

Gerson Flamengo Gerson aproveitou rebote e marcou | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Gabigol em dose dupla no segundo tempo

O Flamengo voltou com tudo no segundo tempo. Bruno Henrique explorou sua velocidade pela esquerda e cruzou. Arrasceta ficaria com rebote e foi puxado por Alex. Pênalti. Gabigol, que agora utiliza Gabi na camisa, bateu e fez 2 a 0, aos quatro minutos. Na comemoração, o artilheiro atravessou o campo e foi comemorar com Diego Alves. O goleiro, capitão do time, está em fim de contrato. Um sinal de que o grupo está com Diego Alves.

Gabigol e Diego Alves Flamengo Gabigol comemora com Diego Alves: apoio ao goleiro | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

O lado esquerdo era o mapa da mina. Novamente em jogada de Bruno Henrique, Filipe Luís ficou com rebote do cruzamento dentro da área e marcou o terceiro, aos 12 minutos. Rogério Ceni, mesmo com 3 a 0 a favor, deixou o Flamengo ainda mais ofensivo. Ele colocou Pedro no lugar de Gerson.

Publicidade

A nova configuração tática do Flamengo foi com ataque com Pedro e Gabigol, com Bruno Henrique na esquerda, Arrascaeta mais centralizado pelo meio e Éverton Ribeiro na direita. Com o quinteto, o clube carioca ampliou. Pedro lançou Éverton Ribeiro, que foi derrubado por João Paulo. Pênalti. Gabigol cobrou da mesma maneira e fez 4 a 0.

O Santos diminuiu. Em descida pela direita, Madson cruzou para área, Rodrigo Caio não alcançou e Bruninho, que acabara de entrar, completou para o gol, sem chances para Diego Alves. Ceni fez mais duas mudanças. Pepê e Vitinho entraram. Arrascaeta e Bruno Henrique saíram.

Em contra-ataque, Pepê avançou pelo meio e acertou o travessão. O Flamengo administrou a goleada e continua na briga pelo título.

FICHA TÉCNICA

Publicidade

FLAMENGO 4X1 SANTOS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: Domingo, 13/12/2020
Horário: 16h (Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Marcos Leonardo (Santos) e João Gomes e Filipe Luís (Flamengo)
Cartão vermelho: –
Gols:
Flamengo: Gerson, aos 41′ do 1º T, Gabigol, aos 4′ do 2º T e aos 25′ do 2º T, Filipe Luís, aos 12′ do 2º T
Santos: Bruninho, aos 29′ do 2º T

FLAMENGO: Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, Natan e Filipe Luís; João Gomes, Gerson (Pedro), Arrascaeta (Pepê) e Éverton Ribeiro (Michael); Bruno Henrique (Vitinho) e Gabigol (Pedro Rocha); Técnico: Rogério Ceni.

Publicidade

SANTOS: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Alex e Wagner Leonardo (Ângelo); Alison (Bruninho), Sandry e Jean Mota (Lucas Lourenço); Tailson (Felipe Jonatan), Marcos Leaonardo (Guilherme Nunes) e Lucas Braga; Técnico: Cuca.