Flamengo

Flamengo visita o Coritiba para espantar crise e embalar no Brasileiro

O Flamengo visita o Coritiba neste sábado pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo coloca frente à frente duas equipes que ainda não venceram na competição. Enquanto o Fla perdeu para Atlético-MG e Atlético-GO, o Coxa caiu para Inter e Bahia. Outro ponto em comum entre as duas equipes é que seus ataques passaram em branco nas duas primeiras rodadas. A partida está programada para às 19h30, no Couto Pereira, em Curitiba.

Atual campeão brasileiro, as derrotas do Flamengo foram as maiores surpresas da competição. O vexame da última quarta-feira ao cair por 3 a 0 em Goiânia colocou em cheque o futuro da equipe na temporada.

Momento de transição

O VP de Futebol Marcos Braz acredita que o clube vive uma fase de transição desde a saída de Jorge Jesus. Ele descarta um clima de terra arrasada e minimizou o princípio de crise.

– Não é o resultado que a gente gostaria. Não é o resultado que a gente entendia que fosse esse início de Campeonato Brasileiro. Mas não falta vontade dos jogadores, não falta concentração dos jogadores, não falta absolutamente nada. O que acontece é que estamos num momento de transição que não foi opção da diretoria do Flamengo. A gente aqui está longe de terra arrasada – garantiu o dirigente.

Para enfrentar o Coritiba, o técnico Dome não vai contar com o goleiro Diego Alves, expulso contra o Atlético-GO. Além disso, ele tem os mesmos problemas que antecederam o jogo de quarta-feira. Na lateral-direita, o treinador vai ter de optar entre improvisar Rodrigo Caio ou outro jogador, ou escalar João Lucas. Do meio pra frente, Arrascaeta não deve atuar os 90 minutos, mas desta vez pode iniciar entre os 11.

Após o fiasco contra o Atlético-GO, é pouco provável que o novo treinador vá inventar na escalação ou no esquema de jogo.

Coritiba segue com muitos desfalques

No lado paranaense, o técnico Eduardo Barroca vem enfrentando uma série de problemas no elenco. Com dez atletas sem condições de jogo, ele tem quebrado a cabeça para escalar a equipe. Após a segunda derrota no Brasileirão, Barroca pediu serenidade e lembrou as ausências.

– Nesse momento é muito importante ter serenidade para saber avaliar de forma racional. Precisamos encarar de frente, saber que temos responsabilidade, ter personalidade para encarar os adversários, ajustar os detalhes. Estamos com jogadores importantes fora. Cabe a mim dar confiança aos jogadores que eu tenho à disposição para que possamos virar essa chave – disse o treinador.

Para o duelo contra o Flamengo, não existe expectativa de retorno para os ausentes. Assim, a base que entrou em campo contra Inter e Bahia deve ser mantida. A única exceção é o zagueiro Rhodolfo, poupado nos dois últimos jogos, e que pode reaparecer na equipe.

O goleiro Muralha, que não pode enfrentar o Flamengo por questões contratuais, ficará de fora. Wilson será mantido no gol. Já no ataque, Sassá não aproveitou sua oportunidade como titular contra o Bahia. Ele deve voltara para o banco e Nathan pode iniciar entre os onze.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA-PR X FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: Sábado, 15/08/2020
Horário: 19h30 (Brasília)
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Helton Nunes (SC)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

CORITIBA: Wilson, Natanael, Rhodolfo (Rodolfo Filemon), Sabino e William Matheus; Nathan Silva, Matheus Galdezani e Ruy; Nathan (Sassá), Robson e Igor Jesus
Técnico: Eduardo Barroca

FLAMEMGO: César, João Lucas (Gustavo Henrique), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gérson, Everton Ribeiro e Arrascaeta (Vitinho); Gabigol e Bruno Henrique
Técnico: Domènec Torrent

Você Também pode gostar