Publicidade

O planejamento do Flamengo para a final da Libertadores vai funcionando bem. O clube carioca atropelou o São Paulo, neste domingo, no Morumbi. Para Renato Gaúcho, já é um sinal do acerto em adotar uma preparação especial.

Como a missão do Brasileiro não é das mais fáceis, o técnico, com aval da diretoria, passou a priorizar a final da Libertadores, no dia 27, contra o Palmeiras. Sendo assim, Renato começou a rodar o elenco. Contra o Bahia, na última quinta-feira, poupou nomes como Matheuzinho, Rodrigo Caio, Willian Arão, Michael e Bruno Henrique. Eles voltaram ao time titular neste domingo.

Renato Gaúcho Flamengo Renato Gaúcho está satisfeito com planejamento adotado | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

– A gente faz o possível para sempre jogar bem. O mais importante de tudo é seguir o nosso planejamento. Tivemos um tempo maior para recuperar alguns jogadores, para que pudessem treinar um pouco mais. Hoje o Flamengo tem sido diferente. A cada três dias ficava um pouco difícil. Estou feliz pelo que o grupo vem fazendo. Enfrentamos uma grande equipe. Não só pelos gols, mas pelas oportunidades que criamos, pelo que a equipe criou e se entregou. Na parte técnica e na parte tática estivemos muito bem – analisou Renato Gaúcho.

Relacionadas

Bruno Henrique e Gabigol Flamengo São Paulo
Michael Flamengo

A estratégia do Flamengo

Publicidade

A ideia do técnico do Flamengo é dar ritmo de jogo ao elenco e não correr o risco de perder mais nomes, além de recuperar o bom futebol. Ele ainda aguarda o retorno de jogadores que estão lesionados, como Filipe Luís, Arrascaeta e Pedro.

LEIA MAIS! Gabigol: ‘Eu nasci para jogar no Flamengo’

– Independentemente do adversário, do que vamos apresentar dentro de campo, o importante é seguir nossa programação. Isso que combinamos há alguns dias. Eu prometi que a equipe seria outra, principalmente até o dia 27, e os jogadores estão demonstrado isso no campo. O objetivo é dar ritmo para todo mundo, recuperar os jogadores no departamento médico, porque não sabemos até o dia 27, não sabemos com quem vamos poder contar. Alguém pode se machucar. É importante dar ritmo para todo mundo e ter o grupo 100% para a final – acrescentou Renato.

Publicidade

O Flamengo vai precisar lidar com mais uma preocupação. No jogo contra o São Paulo, Rodrigo Caio sentiu a panturrilha esquerda e deu lugar a Gustavo Henrique ainda no primeiro tempo. O zagueiro será reavaliado nesta segunda-feira.

Com o planejamento em dia e de olho na final da Libertadores, o Flamengo volta a campo nesta quarta-feira e enfrenta o Corinthians, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã.

O Flamengo é o vice-líder do Brasileiro, com 60 pontos, oito a menos do que o Atlético-MG.

Comentários