Publicidade

A diretoria do Flamengo não esconde os planos de assumir de vez a gestão do Maracanã. O clube da Gávea e o Fluminense completarão em abril dois anos de gestão conjunta do Maracanã. Desde que assumiu, o Rubro-Negro deixou bem clara a intenção de participar da futura licitação que concederá os direitos de exploração pelos próximos 35 anos.

Maracanã tem novo gestor rival do Flamengo Flamengo quer gerir o Maracanã (Foto: Divulgação)

Desde 2019, a gestão do Maracanã vem sendo renovada a cada seis meses, e tudo indica que isso se repetirá mais uma vez. Portanto, em novembro terminará o prazo da gestão da dupla Fla-Flu.

LEIA MAIS! ‘Arturo Vidal no Brasil é Flamengo’, garante Rafinha

Publicidade

Nesta quarta-feira, o Governo do Rio de Janeiro constituiu duas comissões, uma Comissão Técnica e uma Comissão Especial, para desenvolver o processo da licitação do Complexo Maracanã. O secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Nicola Miccione, será o responsável pela coordenação dos trabalhos.

Flamengo abriu mão de construir estádio

A Comissão Técnica, composta por oito membros, terá o objetivo de elaborar os estudos técnicos e o edital de licitação. Enquanto a Comissão Espacial, será responsável por todos os procedimentos do processo licitatório, do lançamento do edital até a assinatura do contrato. Esta comissão terá apenas três membros.

LEIA MAIS! Flamengo só terá reforço de peso se perder titular

Publicidade

Com a maior torcida do Rio e do Brasil, e sem estádio próprio, o Flamengo é peça chave na nova concessão do estádio. Além disso a atual diretoria do Rubro-Negro abriu mão da construção de um novo estádio pela possibilidade de explorar o Maracanã.

O novo processo licitatório do Maracanã tem conclusão prevista para outubro de 2021. Assim muita coisa pode acontecer este ano.