Publicidade

O elenco do Flamengo segue trabalhando duro no Ninho do Urubu para embalar no Campeonato Brasileiro. Pelo segundo dia consecutivo, o grupo voltou a treinar na manhã desta terça-feira. Rogério Ceni contou com todos os jogadores à disposição, exceto Thiago Maia. O volante passou por cirurgia no joelho na última quinta-feira, deixou o hospital e vai iniciar a fisioterapia.

Gabigol (Reprodução FlaTV)

Já o atacante Gabigol participou normalmente das atividades e deve retornar à equipe no domingo, contra o Santos.

Bruno Henrique, que sentiu dores no joelho direito no clássico contra o Botafogo, no sábado também esteve presente. Entretanto, fez um trabalho físico individualizado.

Publicidade

O intervalo entre as duas partidas do Brasileiro é o maior que Ceni teve desde sua chagada ao clube. Ele, portanto, quer aproveitar para trabalhar ativamente com o elenco durante a semana.

Quando jogador, o goleiro Rogério Ceni se notabilizou como exímio cobrador de faltas, e, agora como treinador do Flamengo, tenta resolver um problema antigo da equipe. O Rubro-Negro não faz um gol de falta há mais de dois anos. O último foi de Diego Ribas em 2018.

Leia também:

Publicidade

Novela a vista! Empresário garante não ter recebido proposta por Lincoln

Éverton Ribeiro perto de igualar melhor marca de gols

A pontaria dos atacantes também está recebendo uma atenção especial do treinador, pois a equipe tem falhado muito nas finalizações.

Publicidade

Para o confronto diante do Peixe, Ceni tem uma mudança certa no time, pois o zagueiro Gustavo Henrique foi expulso no sábado. Léo Pereira deve formar a dupla de zaga com Rodrigo Caio, mas a utilização do jovem Natan não está descartada.

Com 42 pontos na tabela, o Flamengo é o terceiro colocado e está focado na luta pelo título. O duelo contra o Santos será às 16 horas, no Maracanã.