Publicidade

A diretoria do Flamengo não gostou nem um pouco da escalação do trio de arbitragem para o duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. São Paulo e o Rubro-Negro se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30(de Brasília), no Morumbi, na capital paulista. A CBF comunicou que Wilton Pereira Sampaio vai apitar, sendo auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva e Eduardo de Aquino Valadão.

Wilton Sampaio é questionado pelo Flamengo (Foto: CBF)

O trio de arbitragem é ligado à Federação Goiana de Futebol (FGF). mas a reclamação do Flamengo tem por base erros de arbitragem cometidos pelo trio no empate por 2 a 2 com o Internacional no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), pelo Campeonato Brasileiro.

Leia também:

Publicidade

Gabriel Barbosa, Pedro e Thiago Maia iniciam tratamento no Flamengo
Rogério Ceni explica opção por dupla de zaga do Flamengo

Em um ofício endereçado ao presidente da Comissão Nacional de Árbitros, Leonardo Gaciba, o Flamengo exige a troca do trio de arbitragem. Alega que se for mantido o trio o Rubro-Negro se sentirá penalizado pela entidade e que isso fará seus jogadores entrarem em campo “estressados”.

CBF não deve responder pedido do Flamengo

A CBF não se posicionou sobre o caso e se seguir a linha adotada em outros casos não o fará. Recentemente o Botafogo pediu a troca de uma escala de jogo por conta da repetição de um árbitro que prejudicou o time na derrota de 1 a 0 para o Bahia. Mas a CBF sequer se posicionou.

Publicidade

A postura do Flamengo ligou o alerta no São Paulo. O clube paulista entende que o carioca quer pe fazer pressão na arbitragem. O Flamengo perdeu o duelo de ida por 2 a 1 no Maracanã e agora precisa ganhar por dois ou mais gols de vantagem para se classificar ou por um gol de diferença para forçar a disputa de pênaltis. O Tricolor paulista tem a vantagem do empate. Na Copa do Brasil o gol como visitante já não vale mais como critério de desempate.