Publicidade

O mais recente confronto entre Flamengo e Fortaleza aconteceu em setembro. No jogo, o Rubro-Negro carioca, comandado por Demènec Torrent, levou a melhor sobre o time de Rogério Ceni. O jogo foi muito mais difícil do que se esperava, pois o Flamengo pegou um Fortaleza aguerrido, mesmo no Maracanã.

Rogério Ceni na época que dirigia o São Paulo (Foto: Rubens Chiri/Divulgação) Rogério Ceni vai encarar seu ex-clube, justamente o que o projetou como técnico (Foto: Rubens Chiri/Divulgação)

Gabigol foi o nome do jogo. Logo ele, que não estará em campo neste sábado, às 19h, no Castelão, para o confronto do segundo turno do Brasileirão. No Maracanã, Gabigol começou no banco, mas entrou no segundo tempo. Ainda assim, o gol da vitória saiu apenas aos 42 minutos da etapa final. Everton Ribeiro e Juninho anotaram os outros gols da partida. Mas se o Flamengo não terá Gabigol, o Fortaleza não terá seu comandante Rogério Ceni, que trocou de lado.

Contra o Fortaleza não vai ter gol de Gabigol (Foto: Divulgação)

Sobre os números, há quem imagine uma diferença muito grande, mas é um engano. Mesmo porque, Flamengo e Fortaleza se enfrentaram apenas 15 vezes, entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. O Rubro-Negro venceu 8 vezes, contra 5 do time cearense, mais 2 empates. Mesmo com o desfalque de Gabigol e, considerando que Rogério Ceni não está do lado de lá, os números indicam favoritismo para o Flamengo.

Leia também

Delegacia vai chamar outros envolvidos além de Gerson

Publicidade

Racismo! Gerson vai prestar depoimento nesta terça-feira