Publicidade

Internamente o Flamengo trata o jogo contra o Coritiba nesta quinta-feira como fundamental para a sequência na Copa do Brasil. As duas equipes se enfrentam às 19h(de Brasília) no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela rodada de ida da terceira fase. A ideia é fazer um placar que possa dar tranquilidade para o choque da volta, na quarta-feira da próxima semana. O pensamento tem por base os problemas que o time vai enfrentar no duelo no Maracanã.

Nesta quinta-feira o Flamengo terá o retorno do zagueiro Rodrigo Caio, do meia Éverton Ribeiro e do atacante Gabigol, que estavam com a Seleção Brasileira. Além disso tem a volta do volante Gérson e do atacante Pedro, que trabalharam os últimos dias com a Seleção Brasileira olímpica. Todos vão depender de uma avaliação clínica. Mas a tendência é que fiquem à disposição da comissão técnica.

Flamengo quer fazer a lição de casa (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Na próxima semana o técnico Rogério Ceni, que se recupera de Covid e não vai dirigir o time nesta quinta-feira, vai perder os jogadores convocados para a Copa América.

Publicidade

MAIS! Zagueiro brasileiro da Roma pode pintar no Flamengo

Além disso o Flamengo chega para o jogo desta quinta-feira tranquilo no aspecto físico. O time não joga desde a estreia no Campeonato Brasileiro, no triunfo de 1 a 0 sobre o Palmeiras, em 30 de maio.

Relacionadas

Rogério Ceni Flamengo

A partir do jogo contra o Coritiba desta quinta-feira o Flamengo vai encarar uma maratona de partidas. Assim os jogadores valorizam a necessidade de ganhar bem nesta quinta-feira, apesar do respeito ao rival. Além disso o objetivo é evitar um desgaste ainda maior na partida de volta. O time para este duelo será definido minutos antes do confronto.

Comentários