Publicidade

O Flamengo corre o risco de perder o atacante Bruno Henrique por seis jogos na reta final do Campeonato Brasileiro. Embora o lance tenha ocorrido lance na décima primeira rodada, o jogador foi denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta-feira.

Bruno Henrique acerta jogador do Goiás (Reprodução Premiere)

Na partida contra o Goiás, no Maracanã, no dia 13 de outubro, em disputa de bola, Bruno Henrique saltou sobre o volante Breno, que estava no chão. Entretanto, o atacante acertou o rosto do adversário, que sofreu fratura de ambos os lados do osso nasal.

O Rubro-Negro foi, portanto, enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Publicidade

“Art. 254. Praticar jogada violenta:
PENA: Suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes.
§ 1º Constituem exemplos da infração prevista neste artigo, sem prejuízo de outros:
I – qualquer ação cujo emprego da força seja incompatível com o padrão razoavelmente esperado para a respectiva modalidade;
II – a atuação temerária ou imprudente na disputa da jogada, ainda que sem intensão de causar dano ao adversário.”

Leia também:

Pedro: ‘Meu projeto é dar o máximo pelo Flamengo’

Publicidade

Flamengo pode receber proposta por Léo Pereira

Para evitar uma pena longa, caberá então ao jurídico do Flamengo tentar desqualificar o enquadramento do jogador no referido artigo. O julgamento no STJD acontecerá na próxima quarta-feira, dia 16 de dezembro.

Bruno Henrique está livre para enfrentar o Santos neste domingo, mas pode perder vários jogos na sequência. Depois do Peixe, o Flamengo enfrenta Bahia, Fortaleza, Fluminense, Ceará, Goiás e Palmeiras.