Publicidade

O Flamengo está muito perto de bater um recorde de 2019, ano considerado perfeito no clube. Isso porque o Rubro-Negro está próximo de superar a casa de R$ 1 bilhão em faturamento. O ano e 2020 foi de muita preocupação com a parte financeira no Flamengo. O orçamento para o ano havia sido elaborado antes da pandemia e contava com muitas receitas que não vieram devido à situação do país e do futebol.

Com isso, a diretoria teve de ser criativa para manter as contas em dia e mudou a postura para o ano seguinte. A partir do final do ano passado, e mais intensamente este ano, o foco passou a ser a venda de jogadores para garantir o fluxo de caixa.

Torcida do Flamengo: "O Maraca é nosso!" Flamengo vem faturando alto (Divulgação)

Mas, além disso, o marketing e outros setores do clube trabalharam exaustivamente na busca de receitas e o Flamengo teve grande sucesso. Novos patrocinadores chegaram para estampar suas marcas no uniforme rubro-negro em parecerias que se mostraram bastante rentáveis.

Publicidade

MAIS! Veteranos se rendem a Ramon

A parceria com o banco BRB atingiu metas acima das expectativas e superou os 2 milhões de contas abertas.

Nesta terça-feira, o Conselho do Flamengo aprovou por unanimidade o Fan Token rubro-negro. O clube licenciou a marca para o grupo Sócios.com por cinco anos por 150 milhões de Reais e receberá agora 18,5 milhões.

Conselho revisou metas. Assim chegou a R$ 1 bilhão

Publicidade

O conjunto de ações levou a uma revisão dos números e o Conselho de Administração prepara nova previsão. O faturamento bruto do clube pode bater o recorde de 2019 e alcançar 1 bilhão de Reais em 2021

– A gente espera chegar no fim do ano com um faturamento recorde. E também com um resultado positivo. O resultado que a gente espera é que seja superior a R$ 130 milhões de superavit – afirmou o diretor financeiro Fernando Góes à FlaTV.

Relacionadas

Ainda incertos são itens como a arrecadação com bilheteria com a volta do público aos estádios e as premiações. O Flamengo disputa três competições e segue com chances de título em todas, o Brasileirão, a Copa do Brasil e a Libertadores. Se conquistar o tri continental, ainda terá o Mundial de Clubes da Fifa.

Publicidade

 

Comentários