Publicidade

A diretoria do Flamengo já fez contato com a Fiorentina para avisar que vai comprar os direitos federativos do atacante Pedro. O jogador está emprestado somente até 31 de janeiro, mas isso não preocupa o Rubro-Negro. Afinal de contas o clube vai mesma exercer o direito de ficar em definitivo com o atleta.

Pedro é o artilheiro do Flamengo no ano (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O MAIS QUE UM JOGO apurou que na quinta-feira o Flamengo fez o contato com a Fiorentina para tratar das bases do acordo. Os flamenguistas tentam parcelar o valor a ser pago pelo artilheiro. Em janeiro o Rubro-Negro desembolsou 1 milhão de euros (cerca de R$ 6,7 milhões na cotação atual).

Leia também:

Publicidade

Vendas recordes! Dome agrada diretoria com opção pela base
Gatito é opção no Flamengo?

Para contratar Pedro em definitivo, o Flamengo vai precisar pagar mais 9 milhões de euros. Só que neste caso, pelo contrato, o euro teria que estar fixado em R$ 4,50. Isso representaria pouco mais de R$ 40 milhões.

Flamengo quer parcelar valor de Pedro

Pedro pode barrar Gabigol (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O Flamengo pretende jogar justamente com o câmbio para sensibilizar a Fiorentina a aceitar um parcelamento. O clube aceitaria pagar o valor do câmbio atual, ou algo próximo disso, para parcelar os 9 milhões de euros em parcelas mais amenas.

Publicidade

Caso a Fiorentina não aceite o Flamengo vai mesmo pagar os R$ 40 milhões. Isso porque o clube entende que em um curto espaço de tempo Pedro vai se valorizar com convocações para a Seleção Brasileira. No clube há a certeza de que ele estará na próxima Copa do Mundo.

Pedro é o artilheiro do Flamengo em 2020, com 17 gols anotados. O jogador, revelado nas categorias de base do Fluminense, vem substituindo à altura Gabigol, entregue ao departamento médico. Há quem diga que o antigo titular vai esquentar o banco para o “Artilheiroi Reverência”, como é chamado pela forma como comemora seus gols. Mas isso só o tempo dirá.