Flamengo

Flamengo justifica desistência de contratar Rafinha: ‘Responsabilidade financeira’

Rafinha Flamengo
Rafinha não irá voltar para o Flamengo | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo / Divulgação

A responsabilidade financeira falou mais alto. Esta é a justificativa do Flamengo para desistir da contratação do lateral-direito Rafinha, de 35 anos. O clube emitiu nota oficial, neste sábado, e explicou os motivos que o levaram a interromper a negociação.

Rafinha Flamengo

Rafinha não irá voltar para o Flamengo | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo / Divulgação

O Flamengo comunicou a Rafinha nesta sexta-feira à noite que “tirou o time de campo” nas negociações. O lateral-direito e o clube conversavam desde fevereiro, quando o atleta voltou ao Brasil após rescindir com Olympiacos, da Grécia.

LEIA MAIS! Pedro elogia atuação do Flamengo: ‘Poderia ter sido um placar mais largo’

Na nota oficial, o Flamengo fez questão de elogiar Rafinha e destacar o interesse recíproco de acerto na negociação, mas listou os desafios financeiros que o clube encontra no momento.

LEIA MAIS! Árabes de olho em Arrascaeta e Bruno Henrique

O Flamengo, devido aos impactos econômicos da pandemia, tem um orçamento mais restrito para realizar contratações. É justamente em nome da responsabilidade financeira, explica o clube, a desistência de contratar Rafinha. O Fla alega que a contratação seria “inviável”.

A nota oficial do Flamengo sobre Rafinha

Tendo em vista as notícias a respeito das conversas entre o Clube e o jogador Rafinha, o Flamengo esclarece que:

1 – Rafinha, além de um excelente jogador e um dos responsáveis pelas conquistas da inesquecível temporada de 2019 e início de 2020, é daquelas pessoas que todos gostaríamos de ter em nosso grupo de trabalho. Sua saída do elenco, no ano passado, se deu tão somente pela excelente proposta que ele recebeu do exterior;

2 – Quando o jogador resolveu voltar ao Brasil, depois de rescindir seu contrato na Europa, nosso departamento de futebol entrou em conversas com seus empresários, buscando entender o que o jogador pretendia fazer e qual seria uma possível pretensão salarial no caso de uma volta ao Flamengo;

3 – Enquanto se desenrolavam estas negociações, o Flamengo fazia um levantamento interno sobre a disponibilidade financeira para este investimento;

4 – Devido ao agravamento da pandemia e as consequentes indefinições financeiras que isto causou, uma possível contratação do jogador, apesar de ser o desejo de toda a diretoria, se mostrou inviável. Qualquer investimento como este, no momento atual, não estaria condizente com a responsabilidade financeira que sempre baseou o trabalho da atual administração rubro-negra.

Sendo assim, foi com pesar que informamos ao jogador e aos seus representantes que, apesar dos esforços de todos os envolvidos em viabilizar a volta de Rafinha ao Flamengo, não iríamos seguir com as tratativas para se fechar o acordo.

Fica o registro da postura sempre positiva e interessada do jogador. Infelizmente, a pandemia e seus reflexos impediram este esperado retorno.

Saudações rubro-negras.

Você Também pode gostar