Publicidade

Nos últimos anos o Flamengo arrecadou verdadeiras fortunas vendendo joias de suas categorias de base. Nomes como os meias Lucas Paquetá e Reinier e o atacante Vinicius Júnior encheram os cofres do clube e ainda podem render muito mais com futuras negociações. E a frase: ‘De onde veio esse pode vir muito mais” nunca foi tão verdadeira na Gávea. Isso porque o clube decidiu investir ainda mais pesado para produzir craques em série.

Vinicius Júnior rendeu grande fortuna ao Flamengo. Mas clube quer mais (Foto: Flamengo)

O grande investimento se refere ao Projeto de Desenvolvimento Individual (PDI), que tem como foco lapidar os jovens. O setor não vai concorrer com os profissionais das comissões técnicas, que seguirão com as suas atividades. Na verdade a ideia é melhorar aspectos tática, mental, física e técnica.

Assim os jogadores terão atividades variadas onde vão desenvolver habilidades e fundamentos. Além disso vão fortalecer o aspecto emocional. Apenas os jovens a partir do sub-15 terão direito ao programa.

Gilberto vai liderar projeto

Luiz Carlos, gerente da base do Flamengo, com Gilberto (Foto: Ian Sena/Flamengo)

Publicidade

O Flamengo fechou a contratação do ex-lateral Gilberto para cuidar do Projeto de Desenvolvimento Individual.

– No projeto PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), trabalharei com atletas dos 15 aos 20 anos, e serei subordinado ao Luiz Carlos, Gerente Geral do Futebol de Base. É um projeto novo no clube e no futebol brasileiro, e que tenho certeza de que fará o Flamengo colher muitos frutos já num futuro bem próximo. O principal objetivo do PDI é lapidar as principais joias da nossa base, e prepará-los da melhor forma possível para que cheguem ainda mais bem preparados no profissional, com relação às partes técnica, tática, física, psicológica e nutricional – finalizou Gilberto.

Revelado nas categorias de base do Flamengo, Gilberto foi um dos destaques do time que foi campeão carioca invicto em 1996. Além disso é irmão de Nélio, campeão brasileiro de 1992 pelo Rubro-Negro.

Comentários