Publicidade

A diretoria do Flamengo chegou a um acordo com a Fiorentina para a compra dos direitos federativos do atacante Pedro. O jogador foi emprestado ao clube brasileiro pelos italianos até o fim do ano. No dia 31 de outubro o MAIS QUE UM JOGO apurou que o Flamengo tinha feito o contato com a Fiorentina para tratar das bases do acordo. Os flamenguistas tentavam parcelar o valor a ser pago pelo artilheiro. Com isso resolvido nesta sexta-feira o acordo foi selado.

Pedro chegou ao acordo com o Flamengo (Foto: Reprodução Premiere)

Em janeiro o Rubro-Negro desembolsou 1 milhão de euros (cerca de R$ 6,7 milhões na cotação atual). Para contratar Pedro em definitivo, o Flamengo precisará pagar mais 9 milhões de euros. Só que neste caso, pelo contrato, o euro teria que estar fixado em R$ 4,50. Isso representaria pouco mais de R$ 40 milhões.

Leia também:

Publicidade

Flamengo se mobiliza para ter força máxima contra o São Paulo
Ceni sai em defesa de Hugo Souza: ‘O futuro dele é excepcional’

Para aceitar o parcelamento em três vezes do saldo restante o Flamengo aceitou pagar um valor maior pelo câmbio. Mas em compensação a Fiorentina abriu mão de qualquer percentual em uma venda futura do atacante para o exterior.

Pedro assinou por cinco anos com o Flamengo

Oportunista, Pedro tem brilhado pelo Flamengo (Foto: Fla TV)

O Flamengo contratou Pedro em janeiro e ele só se valorizou depois disso. Já marcou 20 gols em 37 partidas com a camisa do Rubro-Negro. Além disso voltou a ser convocado pelo técnico da Seleção Brasileira, Tite, para as Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar.

Publicidade

Com o acerto com a Fiorentina decretado o Flamengo conseguiu o mais fácil. Oficializar o acordo com o próprio Pedro. As duas partes assinaram um pré-contrato por cinco anos. Assim o artilheiro terá vínculo com o clube carioca até o fim de 2025. Mas dificilmente ele ficará tanto tempo no Brasil se continuar em alta.