Publicidade

O Flamengo se encontra, mais uma vez, à procura de técnico. Desde a saída de Jorge Jesus, em 2020, o Fla já teve três treinadores: Domènec Torrent, Rogério Ceni e Renato Gaúcho.

Neste sábado, dia 4 de dezembro, serão realizadas as eleições no clube para o triênio 2022-24. O atual presidente, Rodolfo Landim, é favorito para conseguir a reeleição, e, a partir da próxima semana, a diretoria deve entrar firme na missão de contratar um treinador.

Jesus Flamengo Jorge Jesus deixou o Flamengo em 2020 (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Segundo informações de fontes próximas ao comando rubro-negro, o clube pensa em um nome de peso e admite investir até quatro milhões de euros por ano.

Relacionadas

Maurício Souza Flamengo

Publicidade

Dois nomes agradam a praticamente 100% da diretoria, o próprio Jesus e o argentino Marcelo Gallardo. O português, entretanto, tem contrato com o Benfica até junho. Além disso, sua equipe pode avançar para o mata-mata da Liga dos Campeões ou, no mínimo, passar para a Liga Europa.

MAIS! Fim da linha! Flamengo anuncia saída de Renato Gaúcho

Assim, dificilmente o Mister sairá antes do fim do vínculo. Mas há até quem cogite deixar o auxiliar Maurício Souza no comando da equipe até JJ se liberar.

Publicidade

Marcelo Gallardo também é muito bem visto pela cúpula rubro-negra. Seu histórico no comando do River Plate o credencia para a missão de tentar levar o Flamengo de volta ao título da Libertadores e ao Mundial de Clubes.

O argentino já indicou a possibilidade de não continuar no River em 2022 e esteve em negociações com a Associação Uruguaia de Futebol. O acordo para comandar a seleção do Uruguai, contudo, não saiu. Segundo declarações do presidente da AUF, a pedida salarial de Gallardo seria muito alta, acima até do nível de Jesus.

Comentários