Publicidade

O planejamento do Flamengo para a final da Libertadores continua a todo vapor e vem dando certo. O clube carioca conseguiu mais uma vitória pelo Campeonato Brasileiro, enquanto se prepara a decisão continental, contra o Palmeiras, no dia 27.

Nesta quarta-feira, contra o Corinthians no Maracanã, o time entrou em campo com apenas um jogador considerado titular, o zagueiro David Luiz. No segundo tempo, Renato promoveu o retorno de Filipe Luís aos gramados após semanas afastado por lesão, com o objetivo de dar ritmo de jogo ao lateral-esquerdo.

Filipe Luís Flamengo Filipe Luís volta em momento importante | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

– A gente soltou o Filipe e ele foi bem. É a mesma preocupação que temos com o Pedro, com o Caio, o Arrascaeta. Quem vai nos passar confiança é o próprio jogador. Se nos passar confiança, fizer toda a rotina de treinamento, aí a gente solta eles contra o Internacional e o Grêmio – afirmou o treinador em sua coletiva pós-jogo.

Relacionadas

Publicidade

– É um pouco cedo para se falar quem vai para o jogo, quem vai estar à disposição, quem está fora do jogo. A gente está fazendo de tudo para recuperar. Eu já venho falando isso há muito tempo até porque é uma programação do próprio clube dar ritmo de jogo para todo mundo, estar com o maior número de jogadores à disposição para o dia 27 sem esquecer do Campeonato Brasileiro – completou.

Flamengo trabalha de olho na final da Libertadores

Apesar dos cuidados, a equipe está sujeita a sustos nas partidas que antecedem a final. Desta vez foi o atacante Bruno Henrique, que também entrou no segundo tempo, que acusou um problema no joelho.

Oposição dá cartada na tentativa de tirar Landim da eleição do Flamengo

Publicidade

– Bruno Henrique temos que esperar 24h. Mas eu conversei com ele, e eu falei que ia tirá-lo e terminar o jogo com 10. Mas ele disse para deixá-lo e isso me deixou mais tranquilo. Vamos aguardar 24h e o Departamento Médico vai avaliar – disse Renato.

Autor do gol da vitória rubro-negra sobre o Timão, BH passou por exames nesta quinta-feira. Felizmente, não foi constatada lesão, mas o jogador deve ficar de fora das partidas contra Inter e Grêmio para tratar de uma inflamação (tendinite) no local e estar pronto para a final.

Além de BH, o meia Arrascaeta, o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Pedro estão entregues ao departamento médico. Dos quatro, o uruguaio é o que tem maiores chances de aparecer nas partidas no Sul. Já Pedro, BH e Rodrigo Caio só devem estar à disposição para a decisão.

Comentários