Publicidade

O Flamengo avançou à final da Libertadores com uma vitória por 2 a 0 sobre o Barcelona-EQU, na noite desta quarta-feira. Com o resultado, Renato Gaúcho se tornou o treinador com mais vitórias na competição e deu uma resposta aos críticos do seu trabalho.

O treinador Rubro-Negro não só ressaltou a qualidade da equipe de Guayaquil, mas também exaltou o seu grupo. O Flamengo venceu as duas partidas das semifinais pelo mesmo placar de 2 a 0.

Recordista na Libertadores, Renato cala os críticos (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

– Eu procuro trabalhar diariamente para preparar o meu grupo para todos os jogos, para todas as competições. E hoje o Flamengo provou mais uma vez a força dele. Enfrentamos um adversário que ainda não tinha perdido em casa nessa Libertadores. Adversário difícil de ser batido, que nos deu bastante trabalho, tanto no Maracanã quanto aqui – afirmou Renato na coletiva após o jogo.

Publicidade

– Mas a minha equipe esteve muito bem em todos os sentidos. Taticamente, fisicamente, tecnicamente, concentrados, focados no nosso objetivo que era conseguirmos a classificação – completou.

Leia Também:

Problema! David Luiz sai lesionado e preocupa no Flamengo

Braz destaca ‘grande janela’ do Fla mas não esquece alvo desejado

Publicidade

Renato agora soma 50 vitórias como treinador na mais competição sul-americana de clubes. Além disso, esta será sua terceira final, que já disputou com o Fluminense em 2008 e com o Grêmio, em 2017.

– Acho que o maior reconhecimento de tudo isso, de que a equipe esteve muito bem, foi que o estádio todo aplaudiu a equipe do Flamengo na saída do jogo. Então agora nós conseguimos nosso objetivo que era chegarmos à final. Temos um grande adversário pela frente também, que é o Palmeiras. Mas acho que hoje é dia da gente comemorar, a torcida do Flamengo comemorar, nosso grupo comemorar. Porque o Flamengo tá lá mais uma vez em uma final de Libertadores – concluiu.

Relacionadas

A final da Libertadores será somente no dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai. Mas até lá, o Flamengo terá o Campeonato Brasileiro e as semifinais da Copa do Brasil para se preocupar.

Comentários