Publicidade

O Flamengo conquistou seu o primeiro título da temporada neste domingo. Após empate por 2 a 2 no tempo normal, os rubro-negros venceram por 6 a 5 o Palmeiras, nos pênaltis e levaram a Supercopa do Brasil.

Flamengo e Palmeiras travaram uma batalha em Brasília (Foto: Marcelo Cortes/ Flamengo)

O Palmeiras abriu o placar logo no início, com Raphael Veiga. Só que o Flamengo conseguiu a virada ainda no primeiro tempo, com gols de Gabigol e Arrascaeta. No segundo tempo, os paulistas empataram novamente com Raphael Veiga, de pênalti. Na disputa de penalidades, brilhou a estrela de Diego Alves, com três defesas para decretar o título rubro-negro por 6 a 5.

O jogo

A partida começou com o Palmeiras ligado. Tanto que os paulistas abriram o placar com um minuto. Raphael Veiga recebeu de costas para Willian Arão, deu lindo drible no zagueiro e finalizou na saída de Diego Alves.

Publicidade

O revés fez o Flamengo passar a pressionar o Palmeiras em busca do empate. Só que o Palmeiras aproveitava os contra-ataques e quase ampliou duas vezes. Rony e Marcos Rocha pararam em bias defesas de Diego Alves.

Os rubro-negros seguiam com o domínio da posse de bola e quase empataram com Arrascaeta. Só que aos 22 minutos, o Flamengo marcou em Brasília. Filipe Luís fez grande jogada e acertou a trave, mas Gabigol estava esperto para pegar o rebote e mandar para a rede.

O empate deixou o jogo aberto em Brasília. O Palmeiras desperdiçou grande chance de marcar aos 28 minutos. Wesley foi lançado na área, passou por Diego Alves e chutou para o gol. No entanto, Diego apareceu para salvar os rubro-negros. No mesmo lance, Raphael Veiga finalizou para boa defesa do goleiro carioca.

Publicidade

Na parte final, o clima ficou tenso, principalmente entre os banco de reservas. O técnico Abel Ferreira recebeu dois amarelos e acabou expulso do jogo.

Antes do intervalo, o Palmeiras teve chance em cobrança de falta de Raphael Veiga que parou em Diego Alves. O Flamengo respondeu em seguida, quando Bruno Henrique recebeu passe na área, mas viu Weverton salvar os paulistas. Só que nos acréscimos, os rubro-negros viraram com Arrascaeta. O uruguaio passou pelo marcador e chutou na entrada da área, no canto do goleiro palmeirense.

Mais emoção no segundo tempo

No segundo tempo, o Palmeiras tentou esboçar uma pressão nos minutos iniciais, mas pouco incomodou o goleiro Diego Alves. Com espaço, o Flamengo levou perigo aos dez minutos, em chute de Gabigol.

Publicidade

O Palmeiras só conseguiu criar sua primeira chance aos 13 minutos. Em avanço rápido, Danilo fez boa jogada, mas chutou em cima de Diego Alves. Depois, foi a vez de Gustavo Gomez aproveitar escanteio e cabecear para boa defesa do goleiro rubro-negro.

Os paulistas passaram a criar boa chances e quase empataram aos 18 minutos. Após cruzamento, Gabriel Verón cabeceou sozinho, mas sobre o travessão. O Flamengo respondeu em seguida, em tabela de Gabigol com Éverton Ribeiro, mas o o atacante finalizou pela linha de fundo.

Só que aos 28 minutos, o Palmeiras empatou o confronto em Brasília. Rony foi puxado por Rodrigo Caio na área e árbitro marcou pênalti. Raphael Veiga cobrou sem chance para Diego Alves.

Publicidade

Com a igualdade, o jogo voltou a ficar aberto. Flamengo e Palmeiras buscavam o ataque, mas pecavam os erros de passe. Os rubro-negros quase marcaram aos 40 minutos, quando Vitinho chutou na trave.

Nos minutos finais, as duas equipes passaram a se preocupar em não deixar espaço ao adversário. O Flamengo ainda tentou pressionar e quase marcou nos acréscimos. Gabigol chutou sem ângulo, a bola passou embaixo de Weverton, que salvou antes dela passar inteira na linha. Assim, o duelo foi decidido na disputa de pênaltis.

Nos pênaltis, mais emoção. O Palmeiras teve duas chances para ficar com o título. No entanto, Diego Alves brilhou com três defesas e viu Rodrigo caio marcar a última penalidade.

Publicidade

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 (6) X 2 (5) PALMEIRAS

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: Domingo, 11 de abril de 2021
Hora: 11h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi
VAR: Wagner Reway
Cartões amarelos: Isla, Willian Arão e Rodrigo Caio (Flamengo); Felipe Melo, Mayke, Luan e Wesley (Palmeiras)
GOLS
FLAMENGO: Gabigol, aos 22min do primeiro tempo; Arrascaeta, aos 48min do primeiro tempo
PALMEIRAS: Raphael Veiga, a 1min do primeiro tempo e 28min do segundo tempo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gomez e Matias Viña; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael (Gabriel Menino) e Raphael Veiga; Wesley (Gabriel Verón), Breno Lopes e Rony (Gustavo Scarpa)
Técnico: Abel Ferreira

Publicidade

FLAMENGO: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego Ribas (Gomes), Gerson (Pepê) e Arrascaeta; Everton Ribeiro (Vitinho), Gabigol e Bruno Henrique (Michael)
Técnico: Rogério Ceni