Publicidade

O Flamengo sofreu com um surto de Covid e algumas lesões de importantes jogadores do elenco. Mesmo assim, os rubro-negros mostraram a força do elenco com uma série de bons resultados.

Lincoln ajudou o time quando a equipe sofria com desfalques (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O técnico Domènec Torrent teve que utilizar alguns jogadores que vinham tendo pouca chance. O espanhol ressaltou que os atletas vindo das categorias de base estão aptos a atuar pelo clube carioca.

– É importante dar confiança. Eu acredito neles. A base é fantástica, podem jogar – disse.

Publicidade

Além disso, Dome conseguiu recolocar Lincoln no radar. O atacante era perseguido pelo gol perdido na final do Mundial de Clubes e quase deixou o clube.

O técnico minimizou seu trabalho na recuperação de Lincoln e rasgou elogios ao atleta.

Leia também:

Publicidade

Voltou! Arrascaeta brilha em treino e anima o Flamengo para a decisão

Flamengo conhecerá adversário das oitavas nesta sexta

– Quando cheguei, havia um grupo de jogadores que estava treinando à parte. Decidi que íamos trabalhar juntos. Eles me mostraram a qualidade que tem. O Lincoln foi um deles. Disse que teria que fazer mais, melhorar, focar nos treinamentos. Ele tem qualidade. Conversei muito com o Lincoln e convenci que tinha que melhorar, trabalhar sem a bola. Não é mérito do técnico, é do jogador – declarou.

Publicidade

O Flamengo terá mais um importante compromisso neste domingo. Os rubro-negros terão o confronto direto contra o Internacional, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro.