Publicidade

O caso de racismo envolvendo o meia Gerson ainda repercute no mundo. Nesta terça-feira, foi a vez do técnico Domènec Torrent se posicionar sobre o assunto.

Domènec Torrent observa o Flamengo em campo Dome prestou mensagem de apoio ao seu ex-comandado (Foto: Reprodução)

O espanhol, que foi técnico do Flamengo até pouco tempo, deu apoio a Gerson.

“Recebi com muita tristeza a notícia dos atos racistas contra o meia Gerson, que foi meu jogador no Flamengo e um homem de um caráter ímpar. O racismo é uma praga mundial que devemos combater todos os dias. Minha solidariedade ao Gerson e seus familiares! Não podemos mais tolerar nesse tipo de situação!” escreveu.

Publicidade

Dome comandou o Flamengo de junho e novembro. O espanhol esteve a frente da equipe em 24 jogos, com 14 vitórias, quatro empates e seis derrotas. No entanto, as goleadas sofridas para São Paulo e Atlético-MG fizeram a diretoria optar pela demissão do treinador.

Leia também:

Joia assina primeiro contrato profissional com Flamengo; multa é de R$ 313 milhões

Publicidade

Gerson vai a delegacia prestar depoimento

Dentro de campo, o técnico Rogério Ceni prepara o Flamengo para o duelo deste sábado, contra o Fortaleza, no Castelão.