Publicidade

O técnico Rogério Ceni tem alguns desafios na montagem do time do Flamengo. O mais importante deles, pelo menos na visão de muitos torcedores, é pensar em um substituto para o volante Gérson, que se transferiu para o Olympique de Marselha. Mas um fator por antecipar logo a disputa por posições no setor e criar mais um problema para o treinador. O volante Diego deixou o gramado no segundo tempo da vitória de 2 a 0 sobre o Cuiabá por conta de fortes dores no joelho esquerdo. Assim ele vai passar por observação.

Rogério Ceni já não contava com o jogador para a partida do próximo domingo. O Rubro-Negro terá um clássico carioca com o Fluminense. O treinador já tinha combinado de dar um descanso ao veterano atleta. Aos 36 anos ele vem de uma sequência de 13 partidas como titular.

Diego Flamengo Diego foi titular nos últimos 13 jogos. Assim precisa descansar (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Mesmo com esse combinado, Ceni não quer pensar na possibilidade de perder o jogador por mais tempo.

Publicidade

– Já tinha combinado de que o Diego não jogaria contra o Fluminense. O cansaço bate para todo mundo. Uma pena ele ter recebido uma pancada e vamos precisar avaliar no Rio de Janeiro. Tomara que não seja nada grave – disse Rogério Ceni.

MAIS! Flamengo espera chegada de reforços para julho

O treinador explicou que o medo de perder Diego por mais tempo fez com que, no momento que o veterano pediu para sair, Ceni fizesse outra mudança. Além da saída do veterano, o comandante sacou João Gomes, promovendo as entradas de Thiago Maia e Hugo Moura.

Publicidade

– Eu também tenho que pensar no próximo jogo, na intensidade do time. João saiu porque perdi o Diego e o Thiago Maia ainda precisa de uma melhor avaliação. Assim o João passou a ser um jogador muito importante nesta nossa estrutura pensando no clássico – revelou Ceni.

Thiago Maia evita antecipar disputas

Alívio! Thiago Maia voltou ao time e já fez gol (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Thiago Mia requer uma maior avaliação porque ficou sete meses fora dos gramados por conta de lesão no joelho esquerdo. Ele entrou no segundo tempo contra o Cuiabá e fez o segundo gol do time. Mas é cauteloso em relação à briga por posições.

– Vim para somar, mas o Hugo Moura, o João Gomes e o Diego estão dando conta do recado. Vai ser uma briga boa no meio, mas com muito respeito entre os jogadores – disse ele.

Relacionadas

Pedro gol Flamengo

Publicidade

Rogério Ceni vai ter pouco tempo para preparar o time antes do duelo estadual. O Flamengo faz clássico carioca com o Fluminense a partir das 16h(de Brasília) de domingo. Por conta da Copa América o duelo será na Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

Comentários