Publicidade

Infelizmente o futebol, que deveria ser uma festa, tem episódios lamentáveis. Um deles aconteceu no Nrdeste neste fim de semana. Embora o Flamengo tenha conquistado uma importante vitória por 3 a 0 sobre o Fortaleza, nem todos ficaram satisfeitos. A grande quantidade de torcedores do Flamengo na região incomodou aqueles que acham que nordestinos devem torcer para clubes locais.

Assim, um torcedor do Flamengo que circulava com a camisa do time sofreu agressões de um grupo de torcedores de uma organizada do Fortaleza.

Jogadores do Flamengo se unem contra violência (Foto: Twitter)

A atitude provocou uma série de reações de jogadores rubro-negros e até a diretoria do Flamengo se pronunciou por meio de sua conta oficial no Twitter.

MAIS! Flamengo vai faturar R$ 22 milhões com zagueiro polêmico

Publicidade

“O Clube de Regatas do Flamengo repudia qualquer tipo de violência. É revoltante que isso ainda aconteça nos dias de hoje. Esperamos que todos os envolvidos na agressão ao torcedor rubro-negro, ontem, em Fortaleza, sejam punidos. Aos rubro-negros do Nordeste, todo o nosso apoio,” postou o clube.

Logo foi criada uma hashtag, a #NordesteRubroNegro, que ganhou força nas redes sociais. O goleiro Diego Alves foi o primeiro a manifestar seu apoio.

“Nordestino tem time para torcer. O que ele quiser! #NordesteRubro-Negro,” postou o camisa 1 do Flamengo, seguido depois pelo xará Diego Ribas.

Relacionadas

Vitinho Flamengo

Publicidade

“Torcedor Nordestino! Um dos orgulhos da Nação Rubro-Negra! #NordesteRubroNegro,“ postou o meia.

Comentários