Publicidade

A missão de dezembro do Flamengo é buscar um novo técnico. Após a eleição presidencial deste sábado, o clube carioca vai mergulhar de cabeça no objetivo de contratar o comandante para 2022.

Os nomes de Jorge Jesus e Marcelo Gallardo apareceram de início como os preferidos pela atual diretoria. Cada um deles, entretanto, tem seus poréns.

Jorge Jesus Benfica Champions League Flamengo Jesus é um sonho distante para o Flamengo | Foto: Uefa

O português fez história no clube em 2019 e no início de 2020 e é idolatrado pela torcida. Atualmente treinando o Benfica, tem contrato até maio e sua saída antecipada está descartada. Ou o Flamengo fica com um técnico “tampão” até lá ou a volta do Mister não deve acontecer na próxima temporada.

Relacionadas

Everton Ribeiro Flamengo x Sport

Publicidade

O argentino, por sua vez, pode estar de saída do River Plate neste final de ano e está considerando as opções para o futuro. Embora dê preferência por um trabalho na Europa, não está fechado para propostas da América do Sul.

Renato se despede do Flamengo: um sonho realizado, mas frustrado

Gallardo teve conversas com a seleção do Uruguai, mas que não prosperaram. O motivo é o mesmo que agora o coloca mais longe do Flamengo, sua pedida salarial elevada, em patamar superior até mesmo do que o de Jorge Jesus.

Publicidade

Matheuzinho cresce no Flamengo e ameaça posto de Isla

Assim, sem uma solução viável no curto prazo, o Rubro-Negro pode investir em outros portugueses, e o primeiro da fila é Carlos Carvalhal. O atual treinador do Braga já deu indícios de que aceitaria trocar de clube na virada do ano.

Outro que corre por fora é Vítor Pereira, técnico do Fenerbahçe, da Turquia. O treinador que fez história no Porto não estaria vivendo um bom momento no clube e sua saída é dada como iminente pela imprensa local.

Comentários