Publicidade

A CBF respondeu à consulta feita pelo Grêmio a respeito de abertura para o público no jogo contra o Flamengo, esta quarta-feira, pela Copa do Brasil. O que a entidade maior do futebol brasileiro fez foi tirar o corpo fora, se isentando. A decisão vem baseada na posição do STJD, que liberou o Maracanã para o público no confronto. O Grêmio, no entanto, quer impedir a qualquer custo.

Renato Gaúcho Flamengo Renato Gaúcho prepara time do Flamengo para jogo contra o Grêmio, seu ex-clube | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Como a CBF não vai se manifestar, o clube gaúcho decidiu que vai ao STJD a fim de proibir público no estádio. O Grêmio deve apresentar um mandado de garantia ainda nesta terça-feira, ou seja, a situação está indefinida. No momento, a presença de público está garantida, mas não se sabe como o processo vai se desenrolar nas próximas horas. Conforme publicou a GaúchaZH, os gremistas elaboraram um mandado de garantia.

Leia também

Flamengo contra todos… a disputa que faz os clubes votarem contra o Rubro-Negro

Publicidade

David Luiz é apresentado: ‘Sei o grande que é o projeto e o Flamengo’

Vale lembrar que o Flamengo tem uma liminar que garante o público no jogo, acatada pelo presidente do STJD, desembargador Otávio Noronha.

Apesar do posicionamento, o Grêmio vai proceder normalmente em relação à agenda, O elenco viaja para o Rio de Janeiro ainda nesta terça-feira, a fim de ambientar-se para a partida da Copa do Brasil.

Relacionadas

Michael Flamengo

Comentários