Publicidade

Um momento na goleada do Flamengo sobre o Santos, neste domingo, no Maracanã, foi simbólico. Gabigol, após balançar a rede pela primeira vez, correu por todo o campo e foi comemorar com Diego Alves. Foi um sinal de que o elenco torce pela renovação de contrato do goleiro. Bruno Henrique reforçou o coro e pediu a permanência de Diego Alves no Flamengo.

Bruno Henrique Flamengo Bruno Henrique foi bem contra o Santos | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

“Todo mundo sabe a importância do Diego Alves no grupo. É um cara que é um líder dentro e fora de campo. A permanência dele é com ele e a diretoria. A gente quer ele fique. Cabe a ele e à diretoria sentar e conversar e poder ver o que é melhor para os dois. Mas nós queremos a permanência dele aqui. É ídolo e um cara muito experiente”, declarou Bruno Henrique.

LEIA MAIS! Gabigol faz dois, Flamengo goleia o Santos e engata a terceira no Brasileiro

Publicidade

Diego Alves tem contrato até o fim do ano com o Flamengo. Ele chegou a acertar a renovação com o departamento de futebol, mas o financeiro travou o acordo por não concordar com os valores. Desta maneira, o cenário aponta para o adeus do goleiro, peça importante no elenco e de destaque no título brasileiro e da Libertadores.

Gabigol e Diego Alves Flamengo Gabigol comemora com Diego Alves: apoio ao goleiro | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Bruno Henrique mira a liderança com o Flamengo

Além do pedido para renovação de Diego Alves, Bruno Henrique também abordou a goleada sobre o Santos. O atacante, pela esquerda, foi fundamental em dois gols rubro-negros. Foi após jogada de Bruno Henrique que surgiu o primeiro pênalti e depois o cruzamento dele que resultou no gol de Filipe Luís.

Bruno Henrique elogiou a atuação rubro-negra após uma semana de treinos e projetou a briga pelo título, já de olho na liderança do Brasileiro.

Publicidade

“A gente tem mais dias para trabalhar. Esta semana foi muito boa. E como o Rogério falou, que a gente trabalhando firmemente ao longo da semana a gente consegue desempenhar um grande futebol nos jogos do fim de semana. O grupo está de parabéns. Nós vamos crescer cada vez mais. A gente só tem de olhar para si. Sabemos que São Paulo e Atlético-MG vão ter tropeços lá na frente, mas a gente não pode tropeçar. A gente tem de pensar só na gente para chegar à liderança”, completou.

O Flamengo chegou a 45 pontos e está na terceira colocação do Brasileiro. Com a derrota do São Paulo, o clube carioca diminuiu para cinco pontos a vantagem do líder. E o Fla tem um jogo a menos em relação ao clube paulista. Na próxima rodada, o Rubro-Negro recebe o Bahia, domingo, às 18h15, no Maracanã.