Publicidade

O intensivão de Renato Gaúcho não deu resultado no Flamengo. Após poupar o time titular na Copa do Brasil para ter a semana livre para treinar, o técnico amargou a primeira derrota à frente do clube carioca. E não foi qualquer revés. O Internacional fez 4 a 0 no Flamengo, neste domingo, no Maracanã, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Renato Gaúcho, então, perde a invencibilidade à frente do Flamengo. Eram sete vitórias em sete jogos, contando com o duelo pela Copa do Brasil, em que ele ficou no Rio de Janeiro.

Gabigol Flamengo x Internacional Gabigol foi expulso no segundo tempo | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

A semana de treinos do Flamengo não surtiu efeito. Foi a pior atuação do time na era Renato Gaúcho. O clube carioca teve uma fraca atuação tecnicamente, falhou defensivamente, ficou desestabilizado atrás do placar e ainda perdeu a cabeça. Gabigol foi expulso.

Relacionadas

Copa do Brasil
David Luiz

Publicidade

O até então irresistível ataque do Flamengo passou em branco pela primeira vez com Renato Gaúcho. Dá ideia da atuação ruim de todo o quarteto ofensivo, com muitos passes errados e decisões equivocadas. O clube carioca também não teve cabeça. Ficou irritado com a arbitragem e nervoso em campo, o que atrapalhou ainda mais um desempenho que já era não era dos melhores.

Flamengo vê líder mais distante

O Flamengo continua com 24 pontos em 13 jogos (tem duas partidas adiadas) e na quinta colocação. A diferença para a liderança aumentou para dez pontos. O Atlético-MG está na ponta do Brasileiro. O Internacional pula para 18 pontos e está no 12º lugar.

O próximo compromisso do Flamengo pelo Brasileiro é contra o Sport, no domingo, às 16h (de Brasília), no Raulino de Oliveira. Antes, porém, o Rubro-Negro abre o confronto de quartas de final da Libertadores e encara o Olimpia, no Paraguai, nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília).

Publicidade

O Internacional tem mais um carioca pela frente no Brasileiro. Na próxima rodada, o Colorado recebe o Fluminense, domingo, às 20h30 (de Brasília), no Beira-Rio.

Internacional dá o bote no Flamengo

O Flamengo começou melhor e logo tentou encurralar o Internacional. Gabigol tabelou com Diego, mas tocou para fora. Ele errou na tentativa de encobrir o goleiro. Depois, Arrascaeta roubou a bola e invadiu a área. Em vez de chutar, tentou cruzar para Gabigol. A zaga cortou.

O Internacional, então, deu o bote. Em uma rara descida, Yuri Alberto tabelou com Edenilson e ficou cara a cara com Diego Alves. Ele tocou no canto e fez 1 a 0, aos 18 minutos. O centroavante teve tudo para fazer o segundo, mas completou para fora, da pequena área, após cruzamento de Saravia.

Publicidade

O Flamengo se desestabilizou após o gol e se perdeu na partida. O clube carioca errava muitos passes e por vezes forçava os lances. O Inter aproveitou para ampliar. Aos 40 minutos, Patrick tocou para Yuri Alberto. Ele chutou e fez o segundo.

O clube carioca por pouco não diminuiu. Diego levantou para área e encontrou Bruno Henrique. Entretanto, ele cabeceou em cima de Daniel. O Flamengo foi para o intervalo em apuros.

Everton Ribeiro Flamengo x Internacional Everton Ribeiro e o Flamengo não se encontraram em campo | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Flamengo leva baile no Maracanã

A situação piorou no começo da etapa final. Em contra-ataque, após escanteio a favor do Flamengo, Taison arrancou da intermediária, passou com facilidade por Filipe Luís, carregou e tocou no canto: 3 a 0. Foi o primeiro gol dele no retorno ao Internacional. Renato Gaúcho fez a primeira mudança. Ele colocou Michael no lugar de Diego.

Publicidade

Daniel fez uma defesaça e salvou o Internacional. Léo Pereira ganhou pelo alto, após cobrança de escanteio, mas viu o goleiro ir no canto e espalmar. O Flamengo perdeu a cabeça. Gabigol chutou a bola com o jogo parado e levou amarelo. Ele bateu palmas na sequência e foi expulso, aos 17 minutos.

Com um jogador a menos, a missão ficou impossível. Diego Alves salvou em chute de Lindoso. Perdido em campo, o Flamengo levou o quarto. Yuri Alberto foi lançado, invadiu a área e fez mais um.

Renato colocou Thiago Maia e Pedro. Saíram Everton Ribeiro e Arrascaeta. Daniel apareceu bem de novo e defendeu finalização de Michael. Nem o golzinho de honra o o Flamengo conseguiu fazer.

Publicidade

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0X4 INTERNACIONAL

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 08/08/2021, domingo
Horário: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartão amarelo: Diego (Flamengo) e Palacios (Internacional)
Cartão vermelho: Gabigol (Flamengo)
Gol:
Flamengo:
Internacional: Yuri Alberto, aos 18′ e aos 40′ do 1ºT e aos 24′ do 2ºT, e Taison, aos 9′ do 2ºT

Publicidade

FLAMENGO: Diego Alves; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Michael), Everton Ribeiro (Thiago Maia) e Arrascaeta (Pedro); Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Renato Gaúcho.

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado (Caio Vidal), Rodrigo Lindoso, Edenilson (Guerrero) e Patrick; Taison (Palacios) e Yuri Alberto (Johnny). Técnico: Diego Aguirre

Comentários