Publicidade

Uma goleada com propriedade e que dá um recado: o Flamengo recuperou o fôlego na maratona de jogos. Após um empate com Red Bull Bragantino, no Maracanã, o Corinthians pagou a conta. Com a energia renovada, o Fla envolveu o rival e construiu o placar com naturalidade: 5 a 1, neste domingo, na Neo Química Arena, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Flamengo põe pressão em Internacional e Atlético-MG na briga pela liderança.

Vitinho, Flamengo Vitinho comemora: belo gol e bela atuação | Foto: Felipe Patiño / CRF / Divulgação

O Flamengo mostrou repertório ofensivo e a qualidade que tem para brigar pelo título do Brasileiro. Filipe Luís, Éverton Ribeiro e Vitinho comandaram a goleada rubro-negra. A diferença para o Corinthians ficou clara. Em determinados momentos, a superioridade era evidente. Foi a primeira vez que o clube paulista levou cinco gols em casa.

MAIS! Vitinho se destaca pelo Flamengo e agradece chance: ‘Venho trabalho muito’

Publicidade

Com o resultado, o Flamengo pula para 34 pontos, a mesma pontuação do líder Internacional, que leva vantagem no saldo de gols. De qualquer maneira, o recado é claro: vai brigar pela liderança e driblando a maratona de jogos.

Flamengo agora tem confronto direto

O Flamengo tem um jogo direto na briga pelas primeiras posições na próxima rodada. O Rubro-Negro encara o Internacional, domingo, às 18h15, no Beira-Rio. Antes, tem um compromisso pela Libertadores: recebe, nesta quarta-feira, às 21h30, o Junior Barranquilla. O Fla já está classificado para as oitavas de final e busca garantir o primeiro lugar do Grupo A. Já o Corinthians tem mais um carioca pela frente pelo Brasileiro. O Timão enfrenta o Vasco, nesta quarta, às 21h30, em São Januário.

LEIA MAIS! Deu a lógica? Os memes da goleada do Flamengo sobre o Corinthians

Publicidade

Contra o Corinthians, Dome voltou a usar Gerson como segundo volante. Coube a Thiago Maia ser o primeiro, e Willian Arão foi para o banco de reservas. No setor ofensivo, o técnico armou o time com Éverton Ribeiro, que chegou a ser dúvida por sentir dores no joelho esquerdo, pela direita e Bruno Henrique pela esquerda. A novidade foi Vitinho, ora como segundo atacante, ao lado de Pedro, ora como meia, mais centralizado.

Flamengo domina o primeiro tempo

O Flamengo começou levando vantagem pelo lado esquerdo e logo conseguiu assustar. Filipe Luís achou Éverton Ribeiro na entrada da área. O camisa 7 chutou para defesa de Cássio. Aos nove, o Fla balançou a rede. Vitinho recuperou a bola e avançou. O chute de Éverton Ribeiro sobrou para Pedro marcar. Porém, o VAR anulou o gol corretamente. A bola saiu no início da jogada rubro-negra.

O Fla assumiu o controle do jogo, rodava a bola e buscava o melhor momento para acelerar. Em jogada pela direita, Vitinho achou Éverton Ribeiro, mas a finalização de dentro da área foi para fora. A resposta do Corinthians foi com Fágner, que se lançou ao ataque e recebeu para finalizar, mas Natan impediu que a bola chegasse ao gol.

Publicidade

O lado esquerdo de ataque era mesmo o caminho para o Flamengo. Em bela trama pelo setor, Filipe Luís cruzou na medida para Éverton Ribeiro cabecear para o fundo da rede: 1 a 0. Dome precisou fazer a primeira mudança. Gustavo Henrique sofreu um trauma no testículo e deu lugar a Noga. O Corinthians quase empatou na reta final da 1ª etapa. Camacho pegou rebote na entrada da área e chutou com força. A bola explodiu no travessão. E ainda assustou em bola parada, com Xavier desviando para fora cobrança de escanteio.

Éverton Ribeiro, Flamengo Éverton Ribeiro abriu o caminho para a vitória do Flamengo | Foto: Reprodução TV

Vitinho e Filipe Luís foram os destaques do Flamengo no primeiro tempo. O atacante se apresentava e participava ativamente do jogo. O lateral-esquerdo desequilibrava pelo setor.

Flamengo constrói goleada

Um dos melhores da primeira etapa, Vitinho ampliou logo no começo do segundo tempo, aos seis minutos. Ele recebeu na entrada da área após jogada individual de Éverton e chutou no canto de Cássio, sem chances: 2 a 0. Com o prejuízo ainda maior, Vagner Mancini fez logo três mudanças: Cazares, Gustavo Mantuan e Luan, sacando Otero, Mateus Vital e Boselli.

Vitinho, Flamengo O chute certeiro de Vitinho: bola na rede | Foto: Felipe Patiño / CRF / Divulgação

Publicidade

Não teve nem sequer tempo de surtir efeito. Aos 12, Éverton Ribeiro cobrou escanteio e Natan ampliou: 3 a 0. Mas o Corinthians usou a bola aérea para marcar. Aos 15, Gil ganhou pelo alto e fez, mas o gol foi anulado por impedimento. Três minutos depois não teve jeito. O zagueiro do clube levou e melhor pelo alto de novo e contou com falha de Hugo Souza, que saiu mal, para diminuir para 3 a 1.

O goleiro rubro-negro se recuperou na sequência. Hugo conseguiu espalmar chute de Cazares – a bola ainda bateu na trave – e depois voou para mandar para escanteio finalização de Luan. Após sofrer, o Flamengo ampliou. Vitinho lançou Isla pela direita, que cruzou para área. Pedro não achou, mas Bruno Henrique estava lá para conferir: 4 a 1.

Dome fez as primeiras mudanças. Ele colocou Willian Arão e Diego e sacou Thiago Maia e Vitinho. Hugo foi exigido em mais dois lances. O Flamengo aproveitou para rodar o elenco. Lincoln e Diego entraram. E a dupla participou do quinto gol.

Publicidade

Diego recebeu de Lincoln e fez fila, driblando a zaga corintiana e tocando na saída de Cássio: golaço e 5 a 1 no placar. O Flamengo deu um recado: quer e vai brigar pela liderança.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1X5 FLAMENGO
Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data: 18 de outubro de 2020 (domingo)
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Xavier, Camacho, Otero e Luan (Corinthians) e Natan, Bruno Henrique, Thiago Maia, Filipe Luís e Gerson (Flamengo)
Cartão vermelho: –
Gols:
Corinthians: Gil, aos 18′ do 2ºT
Flamengo: Éverton Ribeiro, aos 31′ do 1º tempo, Vitinho, aos 6′ do 2ºT, e Natan, aos 12′ do 2ºT, Bruno Henrique, aos 26′ do 2ºT, e Diego, aos 40′ do 2º T

CORINTHIANS: Cássio; Fágner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier, Camacho (Gabriel), Otero (Gustavo Mantuan) e Mateus Vital (Cazares); Everaldo (Gustavo Silva) e Boselli (Luan); Técnico: Vagner Mancini.

Publicidade

FLAMENGO: Hugo Souza; Isla, Gustavo Henrique (Noga), Natan e Filipe Luís; Thiago Maia (Willian Arão), Gerson e Éverton Ribeiro (Ramon); Vitinho (Diego), Bruno Henrique e Pedro (Lincoln); Técnico: Domènec Torrent.