Publicidade

Gabriel Jesus muda de patamar com a Gatorade (Divulgação) Gabriel Jesus é a jovem promessa da Seleção Brasileira (Divulgação)

Você conhece os 15 jovens que podem brilhar na Copa do Mundo de 2018, na Rússia? O MQJ fez uma seleção de nomes que prometem chamar a atenção apesar da pouca idade. Alguns deles são bem conhgecidos do grande público, jogam em clubes de ponta da Europa, mas não são protagonistas em suas respectivas seleções.

Abaixo a relação:

Publicidade

Gabriel Jesus

Gabriel Jesus tem apenas 20 anos, mas já é visto como experiente quando o assunto são grandes jogos. É impressionante como se sentiu à vontade no Manchester City, onde foi contratado com direito a receber um telefonema de Josep Guardiola, o Mago dos Técnicos. Na Seleção Brasileira também parece não sentir nem um pouco o peso da camisa amarelinha.

Kylian Mbappé

Kylian Mbappé pode brilhar na França (Divulgação) Kylian Mbappé pode brilhar na França (Divulgação)

Publicidade

Com apenas 19 anos, Kylian Mbappé tem tudo para subir de patamar na Copa do Mundo da Rússia. O jovem atacan te forma um trio de respeito no Paris Saint-Germain com Neymar e Edinson Cavani. Mas na seleção francesa deverá dividir o lado estrela com Paul Pogba e com o artilheiro Antoine Griezmann, estrela do Atlético de Madrid.

Ousmane Dembelé

Dembelé é uma promessa do Barcelona (Arquivo Uefa) Dembelé é uma promessa do Barcelona (Arquivo Uefa)

A França não tem apenas Kylian Mbappé. O jogador, de 20 anos, foi contratado a peso de ouro pelo Barcelona, onde é tratado como uma joia. Como seu país é apontado como um dos favoritos ao título, não será nenhum absurdo se ele ficar como a estrela do torneio.

Marco Asensio não é protagonista na Espanha (Arquivo Uefa) Marco Asensio não é protagonista na Espanha (Arquivo Uefa)

Publicidade

No milionário elenco do Real Madrid o jovem Marco Asensio é apenas mais um. O atacante espanhol não pode sonhar com condição de titular em um time que tem o português Cristiano Ronaldo e Karim Benzema. Mas com 22 anos tem tudo para ser uma dos destaques da Espanha na Copa do Mundo e com um pouco de sorte pode assumir o protagonismo.

Leia também:

Os gringos do Botafogo na década
Real Madrid toca ‘Operação Neymar’ e quer contratar o craque antes da Copa
Messi chega à marca de 100 gols na Champions League
Barcelona enfim tira Neymar de publicidade
Você lembra quais foram os capitães do Brasil em todas as Copas do Mundo?
Stephen Hawking no futebol: teoria do pênalti perfeito e trollada em Luis Suárez
Dez jogadores que quase mataram do coração seus torcedores

Publicidade

André Silva

André Silva é parceiro de Cristiano Ronaldo (Arquivo Uefa) André Silva é parceiro de Cristiano Ronaldo (Arquivo Uefa)

Portugal só tem Cristiano Ronaldo. Quem pensa assim se engana. Principalmente porque o astro do Real Madrid costuma dizer que um dos seus melhores companheiros de ataque é o jovem André Silva, de apenas 22 anos e titular do time lusitano. Foi contratado a peso de ouro pelo Milan, que percebeu seu talento.

Dele Alli

Dele Alli foi o melhor jogador do Mundial Sub-20 (Arquivo Fifa) Dele Alli foi o melhor jogador do Mundial Sub-20 (Arquivo Fifa)

Publicidade

O meia inglês Dele Alli é um dos destaques do Tottenham, que vem fazendo uma boa temporada. Ele chega credenciado por ter sido escolhido o melhor jogador do último Mundial Sub-20, conquistado pela Inglaterra. Dependendo o rendimento do time da Rainha, pode, aos 21 anos, virar atração do Mundial.

Marcus Rashford

Marcus Rashford é uma das grandes promessas ingleses (Arquivo Fifa) Marcus Rashford é uma das grandes promessas ingleses (Arquivo Fifa)

A Inglaterra realmente tem um time de grande nível técnico nas categorias de base e por isso brilhou nos Mundiais Sub-17 e Sub-10. O atacante Marcus Rashford, de apenas 20 anos, é um dos responsáveis por isso e tem retirado elogios do sempre prudente José Mourinho, seu treinador no Manchester United.

Publicidade

Andreas Christensen

Andreas Christensen é o xerife da Dinamarca (Arquivo Uefa) Andreas Christensen é o xerife da Dinamarca (Arquivo Uefa)

O jovem Andreas Christensen tem apenas 22 anos e hoje é o mais valorizado jogador da Dinamarca. Ele defende as cores do Chelsea e tem tudo para brilhar no Mundial, ainda mais se a Dinamarca for longe.

Kelechi Iheanacho

Kelechi Iheanacho defende o Leicester (Arquivo Fifa) Kelechi Iheanacho defende o Leicester (Arquivo Fifa)

Publicidade

Emprestado ao Leicester pelo Manchester City, o artilheiro nigeriano Kelechi Iheanacho é tido como uma joia que pode despontar no futebol inglês nos próximos anos. Na sua seleção, é titular absoluto e como a Nigéria sempre pode aprontar, é bom ficar de olho nele.

Alex Iwobi

Alex Iwobi mostra que a Nigéria tem bons atacantes (Arquivo Fifa) Alex Iwobi mostra que a Nigéria tem bons atacantes (Arquivo Fifa)

Por falar em Nigéria, o ataque da seleção africana promete fazer estragos. Outra estrela da companhia, com apenas 21 anos, é o jovem Alex Iwobi, um atacante que cai pelos lados do campo, principalmente o esquerdo. É destaque no Arsenal.

Publicidade

Leroy Sané

Não duvide da habilidade de Leroy Sané (Arquivo Uefa) Não duvide da habilidade de Leroy Sané (Arquivo Uefa)

Quem pensa que a poderosa Alemanha não pode ter uma estrela jovem se engana. O habilidoso meia Leroy Sané alia técnica ao estilo veloz dos descendentes de africanos. Sua família vem do Senegal. Hoje defende o Manchester City.

Timo Werner

Timo Werner  é artilheiro da Alemanha (Arquivo Uefa) Timo Werner é artilheiro da Alemanha (Arquivo Uefa)

Outro alemão que pode surpreender é o atacante Timo Werner, de 22 anos. O jogador vem sendo convocado e tem sido apontado como um dos responsáveis pela subida de produção do Leipzig, que foi vice-campeão alemão na temporada passada.

Argentina tem suas surpresas

Lautaro Martínez

Lautaro Martínez é tratado como a joia pós-Messi (Arquivo Conmebol) Lautaro Martínez é tratado como a joia pós-Messi (Arquivo Conmebol)

Aos 20 anos, o atacante Lautaro Martínez está atropelando concorrentes e ganhando prestígio junto ao técnico da Argentina, Jorge Sampaoli. O jogador foi convocado para o amistoso com a Itália. Destaque do Racing, é tratado em seu país como a maior joia local desde a saída de Messi.

Cristian Pavón

Cristian Pavón é ídolo no Boca Juniors (Arquivo Conmebol) Cristian Pavón é ídolo no Boca Juniors (Arquivo Conmebol)

Outro jovem argentino que pode roubar a cena em terras russas é Cristian Pavón. Aos 22 anos, ele é destaque no Boca Juniors e está acostumado a suportar pressão. Também deverá integrar a equipe de Sampaoli.

Alexander Isak

Alexander Isak é chamado de novo Ibrahimovic (Arquivo Uefa) Alexander Isak é chamado de novo Ibrahimovic (Arquivo Uefa)

Somente 18 anos e titular do Borussia Dortmund. Alexander Isak é tratado na Suécia como o novo Ibrahimovic e quem cruzar o caminho dos suecos deve ficar atento a este atacante, veloz e oportunista.