Publicidade

Os dez momentos marcantes do duelo entre Brasil e Alemanha. O MQJ decidiu fazer esta seleção especial no dia em que as duas equipes vão disputar um amistoso de olho na Copa do Mundo de 2018, que começa em junho na Rússia. Será o reencontro após os 7 a 1 das semifinais do Mundial de 2014.

1981 – PRIMEIRO CHOQUE OFICIAL

O Brasil ganhou o primeiro jogo oficial: 4 a 1 (Arquivo CBF) O Brasil ganhou o primeiro jogo oficial: 4 a 1 (Foto: Arquivo CBF)

O primeiro jogo não amistoso entre Brasil e Alemanha foi em 1981, no Mundialito do Uruguai. E foi um show do time canarinho, que saiu atrás no placar no Estádio Centenário, mas conquistou a virada com gols de Júnior, Toninho Cerezo, Serginho e Zé Sérgio garantiram a goleada por 4 a 1.

Publicidade

Os brasileiros, dirigidos por Telê Santana, ganharia a final do Uruguai por 2 a 1.

1988 – MUITO PRAZER, TAFFAREL

Taffarel foi apresentado ao mundo contra a Alemanha (Arquivo CBF) Taffarel foi apresentado ao mundo contra a Alemanha (Arquivo CBF)

A Seleção Brasileira dsputou a semifinal dos Jogos Olímpicos de 1988, na Coréia do Sul, com a Alemanha. O jogo terminou empatado por 1 a 1, com Romário anotando o tento canarinho. Na disputa de pênaltis, porém, brilhou a estrela de um grande goleiro, que estava começando carreira. Taffarel, do Internacional, defendeu duas cobranças e ainda viu Klinsmann chutar na trave. Era o início de uma trajetório das mais vitoriosas de um arqueiro canarinho. Na final, o Brasil ficaria com a prata ao perder de 2 a 1 para a União Soviética.

Publicidade

Leia também:

Você conhece os 15 jovens que podem brilhar na Copa do Mundo?
Brasil vai de ‘Samba Ouro’ na Rússia: veja camisas históricas da Seleção em Copas
Dez jogadores que devem disputar sua última Copa do Mundo na Rússia
Dez frases confiantes (arrogantes) de Cristiano Ronaldo
Você lembra quais foram os capitães do Brasil em todas as Copas do Mundo?

1992 – A REVOLTA DE ROMÁRIO

Romário ficou chateado com Parreira (Arquivo CBF) Romário ficou chateado com Parreira (Arquivo CBF)

Publicidade

O Gigante do Beira-Rio, em 1992, recebeu um amistoso entre a Seleção Brasileira e a Alemanha. Em campo o Brasil dominou amplamente e ganhou por 3 a 1, com gols de Luiz Henrique, Bebeto e Jorginho. Porém, o jogo ficou marcado pela insatisfação de Romário, que entrou no segundo tempo e deixou claro que não aceitava ser reserva de Careca. O técnico Carlos Alberto Parreira deixou de convocar o Baixinho, que por muito pouco não ficou de fora da conquista do tetra em 1994.

1999 – GOLEADA NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Ronaldinho Gaúcho fez dois contra a Alemanha (Arquivo CBF) Ronaldinho Gaúcho fez dois contra a Alemanha (Arquivo CBF)

O Brasil enfrentou a Alemanha na Copa das Confederações de 1999, no México. Ronaldinho Gaúcho e Alex, com dois gols cada um, brilharam e os brasileiros ghanharam por 4 a 0. O time era dirigido por Vanderlei Luxemburgo. O Brasil perderia a final para os anfitriões mexicanos por 3 a 2.

Publicidade

2002 – NA FINAL DE RONALDO, O BRASIL É PENTACAMPEÃO

Ronaldo deu show na final da Copa. O Brasil era penta (Arquivo Fifa) Ronaldo deu show na final da Copa. O Brasil era penta (Arquivo Fifa)

Grandes campeões mundiais, Brasil e Alemanha nunca tinham decidido o título até a Copa do Mundo de 2002, organizada em conjunto por Japão e Coréia do Sul. Na decisão os brasileiros levaram a melhor. O time dirigido por Luiz Felipe Scolari venceu por 2 a 0, com dois gols de Ronaldo, o nome do jogo.

2004 – A PINTURA DE RONALDINHO GAÚCHO

Ronaldinho Gaúcho fez um golaço (Reprodução Youtube) Ronaldinho Gaúcho fez um golaço (Reprodução Youtube)

Publicidade

Dois anos depois do conquista do penta os times se enfrentaram em um amistoso em Berlim. o jogo ficou marcado por um golaço de Ronaldinho Gaúcho. Uma pintura, aos sete minutos, em uma linda cobrança de falta.

O jogo terminou empatado por 1 a 1. Kevin Kurányi, brasileiro naturalizado alemão, fez o gol dos anfitriões.

2005 – IMPERADOR DÁ SHOW E BRASIL VIRA FINALISTA

Brasil ganhou nas semifinais de 2005 (Arquivo Fifa) Brasil ganhou nas semifinais de 2005 (Arquivo Fifa)

Publicidade

A Alemanha foi o palco da Copa das Confederações de 2005. Nas semifinais o time da casa cruzou com o Brasil e acabou sendo derrotado por 3 a 2. O atacante Adriano, o Imperador, foi o grande nome do jogo, tendo feito dois gols e ainda sofrido um pênalti convertido por Ronaldinho Gaúcho. Na decisão os brasileiros goleariam a Argentina por 4 a 1 e dariam a volta a olímpica.

2014 – O MASSACRE DO MINEIRÃO

Alemanha 7 a 1: um jogo para ser esquecido (Arquivo Fifa) Alemanha 7 a 1: um jogo para ser esquecido (Arquivo Fifa)

O último confronto entrou para a história como um dos mais marcantes da história do clássico. Semifinais da Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil. Mineirão lotado empurrando a Seleção Brasileira para a conquista do hexa. Em campo, porém, se viu um massacre. Os alemães dominaram completamente um rival apático e golearam por 7 a 1.

2014 – 16 VEZES KLOSE

Klose fez um gol histórico nos 7 a 1 (Arquivo Fifa) Klose fez um gol histórico nos 7 a 1 (Arquivo Fifa)

Publicidade

No duelo do Mineirão, um gol em especial merece destaque. Trata-se do segundo tento dos europeus. Miroslav Klose marcou aproveitando rebote de Julio Cesar e entrou para a história como o jogador que mais marcou gols na história da Copa do Mundo: 16 no total.

2016 – ENFIM O OURO OLÍMPICO

Brasil ganhou o tão sonhado ouro (Arquivo CBF) Brasil ganhou o tão sonhado ouro (Arquivo CBF)

Pouco mais de dois anos do vexame no Mineirão, os times olímpicos de Brasil e Alemanha duelaram na grande decisão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. No Maracanã lotado, o duelo terminou empatado por 1 a 1. Na disputa de pênaltis, a Seleção Brasileira ganhou com Neymar batendo o pênalti decisivo.