Publicidade

Ele não aparece listado como um dos craques da Copa do Mundo. Porém, a “porta não está fechada” para a possibilidade de reforçar a Suécia. Ibrahimovic, aos 36 anos, deixou no ar que pode voltar a defender o país na Rússia.

Ibrahimovic disputou duas Copas do Mundo | Foto: Manchester United / Divulgação

“Eu sinto falta da seleção. Não acho que alguém precise ligar. Se eu quiser voltar, eu faço isso. Mas tudo a seu tempo. Quero sentir que sou capaz de ter um bom desempenho”, declarou o atacante do Manchester United.

Leia mais:

Publicidade

Hazard aguarda o Real Madrid e ‘ignora’ oferta de renovação do Chelsea
Craques brasileiros que não jogaram a Copa do Mundo? Relembre alguns
Gabriel Jesus muda de patamar com contrato com a Gatorade
‘Quinteto fantástico’: Griezmann irá defender o Barcelona, diz jornal
Real Madrid aperta o cerco para ter Vinicius Júnior no meio do ano

Ibra, que já havia declarado que sua história na seleção havia terminado, muda o discurso e diz que gostaria de estar em campo com a camisa da Suécia.

“A porta não está fechada. Quando você jogou pela seleção por 20 anos, não está mais lá e vê outros jogando é difícil. Eu quero jogar com o clube. Com a seleção é a mesma coisa”, acrescentou Ibrahimovic.

Ibrahimovic não joga desde dezembro

Publicidade

O atacante já disputou duas Copas do Mundo, em 2002 e 2006. Ibrahimovic anunciou a aposentadoria da seleção em 2016, após a Eurocopa da França. Mesmo sem o craque, a Suécia conseguiu se classificar para o Mundial (venceu a Itália na repescagem). Vaga garantida e o nome de Ibra voltou a ser assunto, numa possível convocação.

Aos 36 anos, Ibrahimovic tem enfrentado problemas físicos. O atacante pouco tem jogado pelo Manchester United. Ele soma sete jogos nesta temporada, com apenas um gol marcado. A última vez que entrou em campo foi em dezembro.