Publicidade

Rostelecom vai apoiar a Copa do Mundo (Divulgação) Rostelecom vai apoiar a Copa do Mundo (Divulgação)

A Copa do Mundo enfim terá patrocinador russo. A Fifa anunciou na manhã desta quarta-feira acordo com a Rostelecom, empresa de telecomunicação que é líder no segmento de banda larga e TV por assinatura na sede do Mundial. A entidade máxima do futebol mundial vinha encontrando sérias dificuldades para convencer patrocinadores locais e apoiar o evento, principalmente por conta dos altos valores cobrados pelas cotas.

Outro fator que foi considerado fundamental para que houvesse resistência por parte das empresas russas foi a série de protestos contra a realização da Copa no país. Assim como aconteceu no Brasil, em 2014, parte da população queria que o dinheiro investido no futebol fosse usado em serviços básicos para a população, como saúde e educação.

Publicidade

Leia também:

Os gringos do Botafogo na década
Real Madrid toca ‘Operação Neymar’ e quer contratar o craque antes da Copa
Messi chega à marca de 100 gols na Champions League
Barcelona enfim tira Neymar de publicidade
Você lembra quais foram os capitães do Brasil em todas as Copas do Mundo?
Stephen Hawking no futebol: teoria do pênalti perfeito e trollada em Luis Suárez
Dez jogadores que quase mataram do coração seus torcedores

Vladimir Kirienko, vice-presidente da Rostelecom, fez questão de deixar claro no anúncio oficial que o apoio visa deixar o torneio mais acessível para pessoas de baixa renda poderem assistir pela TV. O empresário chegou a ser cobrado nos últimos dias por conta da série de escândalos que tomou conta da Fifa nos últimos anos, com alguns dirigentes presos pelo FBI.

Empresa se junta a grupo seleto

Publicidade

A Rostelecom se torna a 13ª empresa a se juntar à Copa do Mundo. Já fazem parte da gama de apoiadores da Fifa Budweiser, McDonald’s, e os chineses Hisense, Mengniu e Vivo. Já as patrocinadoras oficiais são Coca-Cola, Gazprom, Qatar Airways, Visa, Hyundai-Kia e Adidas.

A Copa do Mundo começa no dia 14 de junho, uma quinta-feira, com o duelo entre Rússia e Arábia Saudita. A estreia da Seleção Brasileira está programada para o dia 17 de junho, um domingo, contra a Suíça.