Publicidade

Thiago Alcântara é filho do ex-lateral Mazinho (Arquivo Uefa) Thiago Alcântara é filho do ex-lateral Mazinho (Arquivo Uefa)

Alguns brasileiros podem jogar a Copa por outras seleções que não a dirigida por Tite. A lista pode crescer ainda mais nos próximos meses, mas atualmente já conta com oito nomes. E olha que algumas equipes que poderiam aumentar essa relação nem se classificaram, como a Itália do volante Thiago Motta e do atacante Éder. Ou até mesmo a Ucrânia do meia Marlos.

Alguns desses brasileiros são bem conhecidos, como Thiago Alcântara, filho do ex-lateral Mazinho, e Diego Costa, que se envolveu em polêmica ao recusar uma convocação de Luiz Felipe Scolari, optando pela Espanha. O MQJ mostra para vocês quem deve jogar o Mundial com outra camisa:

Publicidade

Thiago Alcântara (Espanha)

Filho do ex-lateral Mazinho, o meia Thiago Alcântara é nome certo na seleção da Espanha que vai disputar a Copa do Mundo de 2018. O jogador tem 26 anos e optou por se nacionalizar espanhol ao perceber que não teria chances na Seleção Brasileira, uma vez que nunca foi convocado para as categorias de base.

Leia mais:

Publicidade

Com três novidades, era Tite chega a 63 convocados na Seleção Brasileira
Cristiano Ronaldo liga modo turbo e lidera artilharia de 2018
Flamengo x Emelec: elenco equatoriano vale um pouco mais que Vinicius Júnior
Coisas que aprendemos a amar no futebol
Túlio Maravilha ressurge e vai disputar a Quarta Divisão do Carioca
Dorival Júnior cai no São Paulo: Série A já trocou 20% dos técnicos
Neymar pode escolher novo técnico do PSG, diz jornal. Tite está na lista

Rodrigo Moreno (Espanha)

O atacante Rodrigo, de 26 anos, é filho de outro ex-lateral. Trata-se de Adalberto, companheiro de Zico no Flamengo da década de 80 e que encerrou carreira de maneira precoce por conta de uma lesão. Apesar de não estar certo na Copa do Mundo, o jogador ganhou moral com o técnico da seleção espanhola, Julen Lopetegui, pelo bom desempenho nas últimas rodadas das Eliminatórias européias.

Publicidade

Diego Costa (Espanha)

Diego Costa já defendeu a Espanha em 2014 (Arquivo Fifa) Diego Costa já defendeu a Espanha em 2014 (Arquivo Fifa)

Com 29 anos, Diego Costa tem tudo para disputar a Copa do Mundo pela Espanha, a exemplo do que aconteceu no Brasil em 2014. O jogador vem se destacando no Atlético de Madrid e sua experiência deve pesar na lista final.

Pepe (Portugal)

Pepe é um dos líderes da seleção de Portugal (Arquivo Fifa) Pepe é um dos líderes da seleção de Portugal (Arquivo Fifa)

Publicidade

O zagueiro de Portugal, que nasceu em Alagoas, tem tudo para disputar a sua terceira Copa do Mundo. Ele foi titular do time lusitano nos anos de 2010 e 2014. Inclsuive, em 2010, viu a equipe portuguesa empatar sem gols com a Seleção Brasileira pela fase de grupos. Após anos defendendo o Real Madrid, o atleta, de 34 anos, atualmente joga com a camisa do Besiktas, da Turquia.

 

Thiago Cionek (Polônia)

Cionek teve até abaixo-assinado a seu favor (Arquivo Uefa) Cionek teve até abaixo-assinado a seu favor (Arquivo Uefa)

Publicidade

Quando defendeu o Cuiabá e o CRB no futebol brasileiro o zagueiro Thiago Cionek, hoje com 31 anos, jamais imaginaria disputar uma Copa do Mundo. Porém, durante quatro anos aceitou jogar pelo Jagiellonia Bialystok da Polônia. Lá virou ídolo e fez com que três milhões de torcedores protocolassem uim abaixo-assinado solicitando que a Federação Polonesa de Futebol nacionalizasse o jogador. Hoje ele defende o Palermo da Itália e estará no Mundial.

Léo Lacroix (Suíça)

O zagueiro Léo Lacroix tem mãe brasileira e por isso é considerado com cidadania brasileira. Porém, nunca foi cotado para o time canarinho e fez carreira na Suíça, onde tem grande moral. Com certeza vai cruzar o caminho da Seleção Brasileira na fase de grupos. O jogador defende atualmente o Basel e tem 26 anos.

Anfitriões de dois brasileiros

Publicidade

Mário Fernandes (Rússia)

Mario Fernandes recusou a Seleção Brasileira (Arquivo Uefa) Mario Fernandes recusou a Seleção Brasileira (Arquivo Uefa)

Quando se recusou a defender a Seleção Brasileira nos tempos de Grêmio, o lateral-esquerdo Mário Fernandes soube que tinha fechado uma porta importante. Porém, talvez já tivesse o plano de ir paraa Europa defender uma seleção local. Quis o destino que se transferisse para a Rússia, sede do próximo Mundial, se naturalizasse e passasse a ser convocado para a seleção nacional. O técnico Stanislav Cherchesov só não convocou o jogador do CSKA para o amistoso com o Brasil por conta de uma lesão. Mas ele estará no Mundial.

Guilherme Marinato (Rússia)

Publicidade

A anfitriã Rússia ainda tem outro brasileiro na lista que vai disputar o Mundial. Trata-se do goleiro Guilherme Marinato, de 32 anos, que joga pelo Lokomotiv Moscou. Hoje ele é considerado reserva na seleção russa, mas sua presença na Copa do Mundo é dada como certa.