Publicidade

Seleção não terá jogadores de clubes do Rio na Rússia. (Foto: CBF)

A convocação de Tite para a Copa do Mundo, anunciada no início da tarde desta segunda-feira na CBF, registrou uma marca negativa para o futebol do Rio. Pela segunda vez na história nenhum jogador que esteja atuando nos clubes cariocas foi chamado para a competição. Tal fato acontecera somente no Mundial de 2006, disputado na Alemanha.

Convocados com passagens pelo futebol carioca foram apenas cinco. O zagueiro Thiago Silva (PSG) e o lateral-esquerdo Marcelo (Real Madrid) já atuaram pelo Fluminense; o lateral-direito Fágner (Corinthians) e o meia-atacante Phillippe Coutinho (Barcelona) já defenderam o Vasco; e o meio-campista Renato Augusto (Beijing Guoan, da China) já foi jogador do Flamengo.

Publicidade

A expectativa por ter um representante de clube do Rio na Seleção Brasileira para a disputa da Copa da Rússia recaía sobre Diego, do Flamengo, que fora chamado por Tite com certa regularidade anteriormente. Mas o momento instável pelo qual passa o jogador acarretou em sua ausência da lista final de convocados.