Publicidade

O Botafogo conseguiu ganhar a maioria dos jogos sob o comando do técnico Enderson Moreira. Mas os tropeços vieram. Casos por exemplo das derrotas de 1 a 0 para Operário, 2 a 0 para CSA e 2 a 1 para Avaí. Em comum os maus resultados tê algo: o time teve pouco tempo de preparação para eles.

Contra o Avaí, por exemplo, o Glorioso jogou no sábado após uma desgastante viagem até a Bahia, onde ficou no empate sem gols com o Vitória. Após o tropeço com os catarinenses o time de Enderson Moreira teve uma semana para trabalhar. Assim reencontrou o triunfo nos 2 a 0 sobre o CRB.

Elenco do Botafogo enfrentou maratona. Mas melhor ter tempo para treinar (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O treinador sabe da importância de ter este tempo de trabalho.

Publicidade

– Claro que a sequência de jogos gera um desgaste maior e muitas vezes você não consegue impor o ritmo que deseja os noventa minutos. Mas estamos sempre trabalhando para minimizar esses problemas. Contra o Cruzeiro o segundo tempo exigiu um nível de competitividade absurdo e melhoramos – lembrou Enderson.

MAIS! Botafogo tem perfil para fundo que comprou Newcastle

O intervalo entre os confrontos contra CRB e Cruzeiro foi de apenas três dias. Assim o Glorioso acabou sendo dominado a maior parte do tempo contra a Raposa. Mas mesmo assim segurou o 0 a 0 e trouxe um ponto para o Rio de Janeiro.

Relacionadas

Enderson Moreira Botafogo

Com 52 pontos ganhos o Botafogo precisa de mais quatro vitórias para conseguir a classificação para a elite do futebol nacional. Se tempo para treinar é importante, Enderson ganhou alguns dias. O Botafogo volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro somente na quarta-feira da próxima semana. O Glorioso recebe o Brusque, que luta contra o rebaixamento, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Comentários