Publicidade

O Botafogo está no mercado em busca de opções para a vaga de Marcelo Chamusca. Mas a tarefa não é das mais tranquilas. O elenco alvinegro não ficou satisfeito com a demissão do treinador. Assim os dirigentes querem evitar uma ruptura ainda maior e pretende escolher um profissional que agrade aos jogadores. Isso fez com que o nome de Eduardo Baptista fosse rejeitado. Além disso existe uma pressão contra a chegada de um estrangeiro.

O elenco botafoguense não demonstra uma preferência. Mas os dirigentes sabem que precisam de um treinador experiente e que possa unir o grupo. Um nome visto como capaz de agradar a todos é Vanderlei Luxemburgo. Entretanto é fora da realidade.

Elenco do Botafogo não quer técnico estrangeiro (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O nome de Dorival Júnior é outro que agradaria a todos. Mas também é fora da realidade do clube. Assim a criatividade dos dirigentes precisa funcionar.

Publicidade

– Existe o sentimento de que é preciso ir ao mercado em busca de um profissional de consenso. Assim a diretoria não vai se precipitar. A troca de técnicos é limitada e só existe uma bala disponível – disse uma fonte ligada à diretoria.

MAIS! Lisca surpreende e diz não ao Botafogo

O Botafogo tentou Lisca, que era outro nome de consenso. O treinador chegou a dizer sim ao clube. Mas acabou recuando e não apareceu para assinar contrato. Além disso não deu maiores satisfações.

Relacionadas

Marcelo Chamusca Botafogo

Comentários