Publicidade

A tabela da Série B do Campeonato Brasileiro não parece levar em consideração a pandemia do Coronavíruas. Pois se levasse alguns clubes não teriam que fazer maratonas desgastantes de viagens sem a menor necessidade. O Botafogo é uma das vítimas desse processo.

O próximo desafio será no domingo contra o Remo, às 16h(de Brasília). O Glorioso vai ter jogar fora do Estádio Nilton Santos por conta da Copa América. Assim vai viajar até Volta Redonda. Mas nesse caso foi decisão do clube ceder seu campo em troca de compensação financeira. Entretanto os problemas da tabela não são esses.

Elenco do Botafogo vai encarar maratona. Mas sem ser inteligente (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Na quinta-feira da próxima semana tem viagem para o interior do Paraná para medir forças com o Londrina. O duelo será às 19h(de Brasília). Depois disso o Alvinegro cruza o país para medir forças em Pernambuco com o Náutico. O Glorioso retorna ao Rio para duelar com o CSA e depois retorna outra vez ao Nordeste para encarar o Sampaio Corrêa. Em seguida novo retorno ao Rio para encontro com o Vitória e por fim uma ida ao Sul para encarar o Avaí. O duelo com os catarinenses será em 3 de julho.

Publicidade

MAIS! Botafogo se aproxima para lucrar com o Niltão

Assim em um intervalo de um mês o Botafogo fará duas viagens ao Sul e duas ao Nordeste. A incoerência da tabela é clara porque o Botafogo poderia duelar, por exemplo, com Londrina e Avaí, retornar ao Rio de Janeiro para fazer dois jogos e depois ir ao Nordeste encarar Náutico e Sampaio Corrêa. Assim iria expor menos sua delegação.

Relacionadas

O prejuízo causado ao Botafogo se reflete em outros clubes da Série B e mostra que a CBF não parece muito preocupada com os riscos da pandemia no país.

Comentários