Publicidade

O domingo foi de festa para o Botafogo. Na despedida da Série B, o campeão recebeu o carinho da torcida antes, durante e depois do duelo com o Guarani, no Estádio Nilton Santos. Com um segundo tempo agitado, o Botafogo empatou com o Guarani: 2 a 2, pela última rodada.

O Nilton Santos lotado deu o tom da festa e do reconhecimento da torcida. O Botafogo precisou superar um momento ruim na Série B. Com a chegada do técnico Enderson Moreira, o time reagiu. A arrancada garantiu o acesso e o título, conquistado com uma rodada de antecedência. O Fogão levantou a taça neste domingo e agora foca em 2022 e na Série A.

Botafogo A festa da torcida do Botafogo | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

O Botafogo precisa definir a situação de nomes importantes do elenco e que estão em fim de contrato, como Rafael Navarro, Marco Antônio, entre outros. Ídolo do clube, Gatito Fernández também tem vínculo até o fim do ano.

Publicidade

Já o Guarani se despede da Série B com um gosto amargo. É que o clube de Campinas sonhou com acesso, mas vacilou na reta final. O Bugre tinha chances, mas, além de vencer precisava secar CRB, CSA e Avaí.

O duelo entre Botafogo e Guarani

O Botafogo encontrou dificuldade para criar no primeiro tempo. O Guarani buscou dar o bote. Lucão do Break cabeceou por cima, após cruzamento da direita. Depois, Andrigo assustou em finalização da intermediária.

O clube de Campinas, entretanto, viu a situação ficar complicada. Índio levou o segundo amarelo, após entrada dura em Warley, e foi expulso, aos 36 minutos. O Botafogo buscou pressionar, mas não abriu o placar.

Publicidade

Enderson Moreira voltou com Matheus Frizzo no lugar de Romildo. O Guarani abriu o placar no primeiro minuto. Andrigo cobrou falta e Ronaldo Alves cabeceou: 1 a 0. O Botafogo partiu para cima. Rafael e Ronald entraram. Saíram Daniel Borges e Warley.

O Fogão chegou ao empate, aos 24 minutos. Marco Antônio recebeu de Ronald e bateu para o gol. A bola desviou no meio do caminho e tirou chance do goleiro: 1 a 1. A virada aconteceu com artilheiro. Rafael Navarro, aos 34, fez o segundo do Fogão. Porém, o clube carioca vacilou e levou o empate. Lucão do Break, aos 39, marcou.

Botafogo Botafogo fez festa e levantou a taça | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2X2 GUARANI

Publicidade

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 28/11/2021, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Público e renda: 33.853 torcedores / R$ 1.232.165,00
Cartão amarelo: Gabriel Mesquita e Samuel Santos (Guarani) e Rafael Navarro
Cartão vermelho: Índio (Guarani)
Gols:
Botafogo: Marco Antônio, aos 24′ do 2ºT, e Rafael Navarro, aos 34′ do 2ºT
Guarani: Ronaldo Alves, no 1º’ do 2ºT, e Lucão do Break, aos 39′ do 2ºT

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Daniel Borges (Rafael), Joel Carli, Kanu e Carlinhos; Luís Oyama, Romildo (Matheus Frizzo) e Chay (Ricardinho); Marco Antônio (Rafael Moura), Warley (Ronald) e Rafael Navarro. Técnico: Enderson Moreira.

GUARANI: Gabriel Mesquita; Samuel Santos, Ronaldo Alves, Thales (Carlão) e Bidu; Bruno Silva, Índio e Andrigo; Pablo (Eduardo Person), Júlio César (Renanzinho) e Lucão do Break. Técnico: Daniel Paulista.

Comentários