Publicidade

A diretoria do Botafogo chegou a um acordo com o volante Jonas. O jogador, que já defendeu o Flamengo, teve a sua contratação pedida pelo técnico Ramón Díaz. Os dois trabalharam juntos no Al Ittihad da Arábia Saudita. Atualmente com 29 an os, o volante carregou polêmicas na carreira, onde se dividiu entre rótulos de violento e até mesmo de ‘Schweinsteiger do Nordeste’.

Jonas, Botafogo Jonas já trabalhou com novo técnico do Botafogo (Foto: Twitter Al-Ittihad / Divulgação)

A fama de violento foi criada por conta de algumas entradas dignas de lutas marciais nos tempos de Flamengo. Em 2015 o jogador foi substituído três vezes no intervalo por estar pendurado com um cartão amarelo. Além disso acertou a trava da chuteira no rosto do atacante Gilberto do Vasco. O lance o fez ser crucificado pela imprensa carioca e criticado até mesmo por flamenguistas. Na época o jogador se desculpou publicamente.

Leia também:

Publicidade

Bragantino vira e afunda o Botafogo
Renovação? Botafogo vai fazer última cartada por Marcinho

O histórico violento o fez ser emprestado ao Coritiba, onde não teve tanto sucesso. Mas apesar do estigma causado pelas entradas violentas, também era valorizado pelosa flamenguistas. Carinhosamente ganhou o apelido de ‘Schweinsteiger do Nordeste’, em uma alusão ao volante Bastián Schweinsteiger, um dos grandes nomes da seleção da Aledmanha que ganhou a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Botafogo vai inscrever Jonas antes do dia 20

Jonas nos tempos de Flamengo (Foto: Divulgação)

Jonas ganhou projeção após se destacar pelo Sampaio Corrêa na série B de 2014. Assim no ano seguinte o Flamengo o contratou com status de revelação. Após receber oportunidades no primeiro ano no Rubro-Negro, passou a ser emprestado a partir de 2016. Passou por Ponte Preta, Dínamo de Zagreb-CRO e Coritiba. Além disso foi negociado em definitivo para o futebol Árabe em 2018.

Publicidade

O Fogão tem até dia 20 de novembro para inscrever o jogador no Campeonato Brasileiro. Jonas chega em momento muito complicado para o Botafogo na temporada. Eliminado na Copa do Brasil pelo Cuiabá, a equipe está na zona do rebaixamento no Brasileirão.

Botafogo trabalha de olho no futuro

Com 20 pontos em 20 jogos e apenas três vitórias, o Alvinegro é o vice-lanterna do Brasileirão. Segundo o site infobola, as chances de rebaixamento alcançaram 61% com a derrota por 2 a 1 para o Bragantino, nesta segunda-feira.

– Sabemos que o Botafogo não tem muito tempo, mas nós acreditamos nesse grupo e no trabalho. Passamos por um momento difícil, mas o elenco é muito rico. Vamos passar por isso, o Ramón vai mudar a mentalidade desse clube – afirmou o auxiliar Emiliano Díaz, que comandou a equipe contra o Bragantino.

Publicidade

O próximo compromisso do Botafogo será no domingo, contra o Fortaleza, pela 22ª rodada da competição nacional.