Publicidade

O Botafogo vive péssima fase dentro de campo e está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Para piorar, o clima com a torcida piorou nos últimos dias.

Túlio Lustosa se reuniu com torcedores no Nilton Santos (Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

Os muros do Nilton Santos e de General Severiano foram pichados, inclusive com ameaças de morte. Isso fez o departamento jurídico fazer um Boletim de Ocorrência na Polícia.

Nesta quinta-feira, um grupo de torcedores ligados a organizadas se reuniu com o gerente de futebol Túlio Lustosa. O objetivo dos alvinegros foi de cobrar uma reação na temporada.

Publicidade

Os principais alvos dos torcedores foram Kalou, Cícero, Marcinho e Rhuan. No entanto, os alvinegros prometeram apoio no clássico contra o Flamengo, neste sábado, no Nilton Santos.

Leia também:

Botafogo vai apertar o cerco para receber de Willian Arão

Publicidade

Botafogo registra B.O. por pichações com ameaças de morte

A reunião veio um dia após outra reunião, desta vez com o lateral esquerdo Victor Luís e o vice-presidente eleito Vinícius Assumpção.